Esporte

TAS abre delegação no Rio para tratar casos de doping

27/07/2016 07h50

Lausana, Suíça, 27 Jul 2016 (AFP) - O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), com sede fixa em Lausanne, atuará a partir do Rio durante os Jogos Olímpicos, onde pela primeira vez julgará em primeira instância os casos de doping, informou.

Desde terça-feira, o TAS tem abertos no Rio dois escritórios provisórios que funcionarão até o encerramento dos Jogos, em 21 de agosto.

A mais alta instância jurídica em matéria esportiva estará muito ocupada nas próximas semanas, já que, além dos eventuais casos de doping que se apresentarem, também deverá tratar os recursos dos atletas russos excluídos dos Jogos pelas diferentes federações.

É o caso da nadadora russa Youlia Efimova, excluída pela Federação Internacional de Natação (Fina), que anunciou sua intenção de apelar ao TAS.

Até agora, os casos de doping durante os Jogos Olímpicos eram tratados por uma comissão de disciplina do COI, que decidia as sanções, da desclassificação à retirada das medalhas.

Em março o COI confiou esta função ao TAS, com a ideia de um tratamento dos casos de doping mais independente.

As decisões desta divisão ad hoc do TAS, criada nos Jogos Olímpicos de Atlanta-1996 para resolver litígios por sanções disciplinares ou de recurso por doping, serão emitidas "em um prazo de 24 horas ou em um prazo compatível com o programa das competições", disse o TAS.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo