Esporte

F1 libera conversas no rádio e adia para 2018 decisão sobre proteção do cockpit

29/07/2016 18h11

Hockenheim, Alemanha, 29 Jul 2016 (AFP) - As conversas pelo rádio entre pilotos e engenheiros foram autorizadas novamente na Fórmula 1, enquanto a implementação de elementos de proteção nos cockpits foi adiada para 2018.

As decisões foram tomadas na noite de quinta-feira, em reunião do Grupo Estratégico da F1, composto por representantes de seis escuderias, da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e da Formula One Management (FOM), empresa detentora dos direitos comerciais da modalidade.

"A pedido das equipes e do detentor dos direitos comerciais, a FIa aceitou adotar uma interpretação mais livre do artigo 27.1 do regulamento, de acordo com o qual o piloto deve 'guiar sozinho e sem ajuda'", explicou a Federação Internacional em um comunicado.

"A não ser no tempo entre a volta de formação, para configurar o grid, e a largada, não haverá nenhuma limitação de mensagens enviadas pelas equipes aos pilotos", esclareceu a entidade.

Essa mudança foi motivada por dois incidentes ocorridos recentemente.

No dia 10 de julho, o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, foi punido por ter falado pelo rádio com um engenheiro, durante o GP da Inglaterra, o que lhe custou o segundo lugar da corrida.

Na semana passada, na Hungria, o britânico Jenson Button (McLaren) teve um problema de freios e foi punido com uma passagem pelos boxes por ter consultado um engenheiro.

O Grupo estratégico também decidiu "por unanimidade introduzir em 2008 um sistema de proteção do cockpit, para melhorar de fora significativa a segurança dos pilotos".

O sistema chamado "halo", feito de carbono, já foi testado várias vezes, mas divide a F1 por ser considerado pouco estético. O novo sistema deveria ter sido aplicado já no ano que vem, mas a FIA preferiu adiar a mudança para 2018.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo