Esporte

Ausências no Rio: Isinbayeva e Stepanova banidas, Federer machucado

01/08/2016 18h12

Rio de Janeiro, 1 Ago 2016 (AFP) - Os Jogos Olímpicos do Rio começam nesta sexta-feira com uma delegação russa desfalcada -pelo menos- de uma centena de atletas, incluindo grandes nomes do esporte mundial como Yelena Isinbayeva, após a revelação de um sistema de doping de Estado no país, mas também sem Roger Federer e as principais estrelas do golfe.

- Isinbayeva: Fim do sonho do tricampeonato -Campeã em 2004 e 2008, a 'Czarina' do salto com vara, aos 34 anos, sonhava em terminar a lendária carreira com um terceiro título olímpico. Mas o escândalo de doping que arrasou o atletismo russo, e em seguida o esporte do país, após a publicação do relatório McLaren, acabou com o sonho dourado de Isinbayeva, assim como dos campeões mundiais Sergey Shubenkov (110 metros com barreiras), e Maria Kuchina (salto em altura).

Como a Federação Russa de Atletismo (Araf) está suspensa pela Federação Internacional (Iaaf), nenhum atleta russo poderá disputar os Jogos, à exceção de Darya Klishina (salto em distância), autorizada a viajar ao Rio por treinar nos Estados Unidos e passar por exames antidoping mais rigorosos do que no seu país.

Kendra Harrison também não disputará os Jogos do Rio. No caso da americana, dona do recorde mundial nos 100 metros com barreiras, o problema não tem nada a ver com doping, ela simplesmente não conseguiu sobreviver às duras seletivas olímpicas dos Estados Unidos. O pior é que ela estabeleceu a melhor marca de todos os tempos depois dessas seletivas, mostrando que tinha todo o potencial para brilhar no Rio.

- Natação, remo, canoagem: Rússia enfraquecida -Além do atletismo, os nadadores Vladimir Morozov e Yulia Efimova, bronze em Londres-2012, foram vetados pela Federação Internacional de Natação (Fina). Seus casos, porém, ainda serão julgados pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), corte na qual apresentaram recurso.

A quatro dias da cerimônia de abertura, cerca de um terço da delegação russa (117 segundo contagem da AFP) está excluída. Este número tende a crescer, já que algumas federações ainda não anunciaram seus respectivos vereditos, que será analisado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

- Stepanova vetada pelo COI -Yuliya Stepanova é responsável pelas denúncias do sistema de doping organizado na Rússia, um papel de delatora que lhe valeu a autorização da Iaaf de competir nos Jogos. O COI, porém, finalmente proibiu a especialista dos 800 metros de disputar a prova no Rio devido a um exame positivo em 2013.

- Federer traído pelo corpo -Roger Federer acreditava que comemoraria seus 35 anos de idade no Rio. A lenda do tênis, porém, precisou desistir dos Jogos, incomodado pelo joelho operado no início do ano. Dono de 17 títulos de Grand Slam, Federer decidiu até por um fim a temporada 2016, focado em se preparar fisicamente para voltar mais forte no ano que vem. Em Londres, há quatro anos, o suíço teve que se contentar com a prata olímpica, derrotado no final por Andy Murray. Com isso, o título olímpico continua sendo o único que falta a Federer em sua vitoriosa carreira.

- Golfistas com medo da Zika -De volta aos programa olímpico após 112 anos de ausência, o golfe caiu vítima ao Zika vírus. Seis dos dez melhores jogadores do planeta, incluindo o Top 4 (Jason Day, Dustin Johnson, Jordan Spieth e Rory McIlroy), optaram por não viajar ao Brasil, sempre usando como desculpa a ameaça da Zika.

- Estrelas da NBA Curry e James fora -O tamanho da temporada da NBA acabou desencorajando alguns dos melhores jogadores americanos: Stephen Curry e LeBron James, mas também James Harden, Russell Westbrook, Kawhi Leonard, LaMarcus Aldridge, Chris Paul e Blake Griffin não farão parte do 'Team USA', grande favorito ao tricampeonato olímpico consecutivo.

Outro esporte coletivo, outra ausência de peso: a seleção masculina da Espanha de handebol, atual vice-campeã da Europa, tropeçou nas eliminatórias olímpicas em abril e está fora dos Jogos do Rio.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo