Esporte

Wada responde às críticas do COI

01/08/2016 13h46

Rio de Janeiro, 1 Ago 2016 (AFP) - A Agência Mundial Antidoping (Wada), responsabilizada publicamente pelo presidente do COI, Thomas Bach, pela confusão em relação à participação de atletas russos nos Jogos do Rio-2016, respondeu nesta segunda-feira às críticas, afirmando ter agido assim que recebeu "provas corroboradas".

A Wada admitiu em comunicado que "entende que o 'timing' (18 de julho) da publicação do relatório McLaren foi desestabilizante para diversas entidades".

"A Wada, porém, agiu imediatamente em relação às alegações contra a Rússia assim que dispôs de provas corroboradas e de poder para fazê-lo no quadro do Código antidoping mundial", se defendeu a Agência.

No domingo, Bach defendeu o COI, afirmando que a entidade que rege o esporte olímpico "não é responsável pelo 'timing' da publicação do relatório McLaren".

"O COI não é responsável pelo fato de diferentes informações dadas a Agência Mundial Antidoping (Wada) há alguns anos não terem sido seguidas", acusou o presidente do COI, num momento em que à participação de atletas russos nos Jogos ainda é uma incógnita.

"Foi somente após a CBS e o New York Times publicarem em 8 e 12 de maio de 2016 as alegações do ex-diretor do laboratório de Sochi, Grigory Rodchenkov, que a Wada obteve provas concretas sugerindo o envolvimento do Estado russo, permitindo lançar a investigação McLaren, o que fizemos imediatamente", respondeu o presidente da Wada, Craig Reedie, citado no comunicado.

Baseado no relatório McLaren, que desvendou o esquema de doping estatal na Rússia, o COI pediu em 24 de julho às federações internacionais que excluíssem os atletas russos dopados ou supostamente dopados.

Com isso, o número de atletas da delegação russa, que convocou inicialmente 387 atletas, vem diminuindo consideravelmente. O ministro dos Esportes russo, Vitaly Mutko afirmou na sexta-feira que seu país será representado no Rio por 266 atletas, em 29 modalidades.

Segundo a última contagem da AFP, 117 atletas russos já estão oficialmente excluídos dos Jogos do Rio, quase um terço da delegação prevista.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo