Esporte

Esportistas dinamarqueses sofrem roubos na Vila Olímpica

03/08/2016 19h06

Copenhaga, 3 Ago 2016 (AFP) - A delegação dinamarquesa sofreu vários furtos na Vila Olímpica, na Barra da Tijuca, onde telefones, roupas e tablets foram levados, anunciou o chefe da equipe nesta quarta-feira (3).

"Sofremos uma série de furtos", explicou Morten Rodwitt à emissora dinamarquesa TV2. "De telefones a iPads, passando por objetos tão banais como lençóis", afirmou, atribuindo o feito à grande quantidade de pessoas com acesso à Vila Olímpica, entre "trabalhadores, pessoal da manutenção e pessoas da limpeza".

Desde o dia 18 de julho, a delegação dinamarquesa apresentou 150 denúncias relacionadas a problemas nos 36 apartamentos ocupados por eles na Vila Olímpica do Rio, acrescentou.

"Os edifícios, simplesmente, não estão preparados", comentou o diretor esportivo da Federação Dinamarquesa de Handebol, fazendo alusão à segurança, que foi reforçada depois dos roubos do dia 29 de julho nos quartos dos atletas australianos, evacuados devido a um incêndio.

Vários atletas chineses se queixaram também nesses últimos dias de roubos nas instalações dos Jogos do Rio, fazendo públicas suas desventuras nas redes sociais chinesas.

A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio-2016 está programada para sexta-feira (5) no Maracanã.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo