Esporte

COI confirma presença de 271 atletas russos nos Jogos do Rio

04/08/2016 22h30

Rio de Janeiro, 5 Ago 2016 (AFP) - O número definitivo finalmente saiu, nesta quinta-feira, véspera da cerimônia de abertura. No total, 271 russos poderão desfilar no Maracanã e 118 foram banidos, por conta do mega-escândalo de doping que abala o país.

Foi com um simples comunicado que o COI fez o anúncio, no final da tarde. Poucas horas antes, o presidente da entidade, o alemão Thomas Bach, concedeu uma aguardada coletiva de imprensa, mas limitou-se a dizer que o número final sairia "mais tarde durante o dia".

Na verdade, o primeiro a anunciar que a delegação russa terá 271 membros foi o presidente do Comitê Olímpico do País, Alexander Zhukov, antes mesmo da confirmação do COI.

Pouco mais de 30% dos 389 atletas inscritos inicialmente foram excluídos, vítimas das revelações do relatório McLaren, que detalhou o esquema sistemático de doping na Rússia, com supervisão do governo e participação ativa dos serviços secretos.

"Na maioria das modalidades, a equipe russa foi autorizada a competir", ressaltou Zhukov, citando, entre outros, o hipismo, a ginástica, a esgrima, o BMX, ou o vôlei, atual campeão olímpico no masculino.

- Recursos no TAS -A confirmação do COI foi o ponto final de um processo lançado no dia 18 de julho, com a divulgação do relatório McLaren, realizado por uma comissão independente da Agência Mundial Antidoping (Wada).

Apesar da Wada ter recomendado a exclusão total da Rússia dos Jogos, o COI preferiu não optar pela "solução nuclear", e deixou por conta das federações internacionais de cada esporte a responsabilidade de estabelecer listas de atletas elegíveis.

O próprio Richard McLaren, autor do relatório, criticou a interpretação que foi feita do texto.

"Não fiz esse trabalho para encontrar quais atletas podem ter se dopado ou o que tomaram. Esse relatório fala sobre doping de Estado, manipulação de resultados e trocas de amostras antes dos Jogos de Londres-2012. O relatório é sobre isso, o COI e as federações internacionais parecem não ter se dado conta", reclamou o jurista canadense.

As listas elaboradas pelas federações foram submetidas nesta semana a um painel de três membros do COI, que ainda poderiam descartar atletas repescados pelas suas federações.

Um dos casos mais complicados foi o da natação. A Federação Internacional do esporte (Fina) anunciou na manhã desta quinta-feira que 31 dos 36 nadadores inscritos foram liberados para competir no Rio.

Entre os 31 liberados estão Vladimir Morozov e Nikita Lobintsev, que recorreram da suspensão diante do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

O canoísta Andrey Kraitor também foi repescado nesta quinta-feira.

Ainda sobram recursos do TAS a serem julgados. No total, o tribunal com sede em Lausanne, na Suíça, já registrou 18 processos, um recorde para uma única edição dos Jogos, sendo que 11 diziam respeito a atletas russos.

Dez deles ainda estão pendentes da decisão da mais mais alta jurisdição esportiva, que opera atualmente no Rio para agilizar os processos. Entre eles, duas nadadoras, quatro levantadores de peso e um lutador.

-Neymar passa em branco -Nesse contexto conturbado nos bastidores, ainda houve lugar para o esporte, com a estreia da seleção brasileira de futebol masculino, que decepcionou ao ficar no 0 a 0 com a África do Sul, no estádio Mané Garrincha de Brasília.

Neymar não conseguiu fazer a diferença, ao contrário de Marta, que na quarta-feira teve grande atuação na vitória por 3 a 0 da seleção feminina sobre a China, no Engenhão.

Nesta sexta-feira, as escolas de samba do Rio têm presença confirmada na festa da Cerimônia de Abertura, no Maracanã, mas o Sambódromo também será palco olímpico, com as eliminatórias do tiro com arco e a estreia do talentoso brasileiro Marcus Vinicius D'Almeida, de apenas 18 anos.

ig-ol/el/lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo