Esporte

Policial chinês é enviado ao Rio para reforçar segurança da delegação

04/08/2016 14h17

Pequim, 4 Ago 2016 (AFP) - A China enviou há dois meses ao Rio de Janeiro um agente policial, encarregado de reforçar a proteção da delegação, assim como dos espectadores e jornalistas chineses durante os Jogos Olímpicos-2016, afirmou a imprensa do país nesta quinta-feira, dias após um atleta ser assaltado.

Enviado ao Rio há dois meses, esse agente tem como função principal facilitar a comunicação e não comandará diretamente operações policiais no Brasil.

"O essencial do meu trabalho e reforçar a comunicação com a polícia do Rio para assegurar uma melhor proteção da delegação chinesa, turistas, jornalistas, e também o conjunto dos cidadãos chineses presentes no Rio", explicou o agente em entrevista à agência chinesa China News Service.

Esta informação é revelada após um atleta da delegação chinesa, Shi Dongpeng, especialista dos 110 metros com barreiras, reclamar nas redes sociais de ter tido o computado roubado ao chegar no Brasil.

O ministro chinês de Relações Exteriores declarou na sexta-feira que os fãs chineses presentes nos Jogos do Rio-2016 vinham sendo vítimas "frequentes" no Brasil, pedindo aos compatriotas muita atenção enquanto estiverem na 'Cidade Maravilhosa'.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo