Esporte

Wada critica ausência de exames antidoping em atletas brasileiros

04/08/2016 23h41

Londres, 5 Ago 2016 (AFP) - A Agência Mundial Antidoping (Wada) criticou a ausência de exames antidoping em atletas brasileiros no mês que antecedeu os Jogos do Rio, que começam oficialmente nesta sexta-feira, com a cerimônia de abertura no Maracanã.

"Enviamos uma carta ao ministro dos Esportes e ao diretor geral da Agência Brasileira Antidoping (ANAD) para manifestar nossas preocupações e pedir explicações sobre porque os exames pararam", afirmou Rob Koehler, diretor adjunto da Wada, em entrevista ao jornal britânico The Times.

De acordo com o jornal, as autoridades brasileiras deram como justificativa o fato de o Laboratório Antidoping do Rio (LBCD) ter perdido o credenciamento da Wada no dia 24 de junho, para recuperá-lo apenas em 20 de julho.

O descredenciamento foi motivado, entre outras coisas, pela estrutura ter produzido um resultado positivo em uma amostra negativa.

"Esta resposta não nos satisfaz, e a explicação da troca de comando no ministério e na Agência é inaceitável", insistiu Rob Koehler.

"O fato de os exames terem parado é inaceitável. O fato de não ter havido nenhum exames é um verdadeiro problema", sentenciou.

"A decisão de interromper os exames não foi política", reagiu o ministério do Esporte em um comunicado enviado ao Times.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo