Esporte

Boxeador marroquino preso por suspeita de estupro na Vila Olímpica

05/08/2016 10h43

Rio de Janeiro, 5 Ago 2016 (AFP) - O boxeador marroquino Hassan Saada foi preso nesta sexta-feira, dia da cerimônia de abertura dos Jogos Rio-2016, acusado pelo estupro de duas camareiras brasileiras na Vila Olímpica.

"No dia 3, o atleta teria estuprado duas camareiras brasileiras que trabalhavam na Vila dos Atletas", informou a Polícia Civil.

"Com base nas provas colhidas durante a investigação, o delegado de polícia Eduardo Ozório representou pela decretação da prisão temporária do atleta e o Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos deferiu a medida, pelo prazo de 15 dias", afirma um comunicado divulgado pela polícia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo