Esporte

Brasil decepciona e fica no 0-0 com a África do Sul na estreia do futebol masculino

05/08/2016 00h24

Brasília, 5 Ago 2016 (AFP) - Com uma atuação burocrática, a seleção olímpica de futebol masculino do Brasil estreou nos Jogos do Rio com um decepcionante empate sem gols com a África do Sul, em partida válida pelo Grupo A, disputada no estádio Mané Garrincha de Brasília.

O resultado mostrou que não será fácil para a equipe realizar o sonho da medalha de ouro olímpica, único título que falta para o país, que já conquistou a Copa do Mundo em cinco oportunidades.

O Brasil já chegou perto da conquista, com três medalhas de prata (Los Angeles-1984, Seul-1988 e Londres-2012) e duas de bronze (Atlanta-1996 e Pequim-2008).

Liderada por Neymar, craque da seleção principal e estrela do Barcelona, um dos três atletas da equipe com idade acima dos 23 anos, a seleção não conseguiu impor o estilo desejado pelo técnico Rogério Micale.

Gabriel Jesus acerta a traveNo primeiro tempo, o Brasil teve mais posse de bola, mas poucas chances de gol. Contra uma seleção sul-africana muito aplicada taticamente, as melhores oportunidades brasileiras vieram dos chutes de fora da área, com duas tentativas de Neymar e uma de Felipe Anderson, que levaram perigo ao gol de Khune.

Na etapa final, a seleção voltou a encontrar dificuldades e logo aos três minutos um chute do sul-africano Dolly levou perigo ao gol de Weverton.

A situação melhorou aos 14, quando Mvala foi expulso por falta dura em Zeca. Logo depois, o técnico brasileiro trocou Felipe Anderson por Luan e o Brasil passou a jogar com quatro atacantes.

O Brasil partiu em desespero ao ataque. Aos 23 minutos, Luan tocou na saída do goleiro e Gabriel Jesus, dentro da pequena área, acertou a trave. Aos 26, Neyamr levou perigo com um belo chute de fora da área. Três minutos depois, o atacante do Barcelona deixou Gabriel de frente para o goleiro sul-africano, mas Khune fez ótima defesa.

Nos últimos minutos, a seleção da África do Sul teve mais competência para segurar o resultado do que o Brasil para furar a defesa adversária.

No primeiro jogo do grupo, Dinamarca e Iraque também ficaram no 0-0.

O Brasil volta a campo pelo Grupo A do torneio olímpico no próximo domingo, também em Brasília, para enfrentar o Iraque. O país encerra a participação na primeira fase no dia 10, em Salvador, contra a Dinamarca.

Massacre coreanoEm outras partidas da primeira rodada do torneio de futebol masculino olímpico, o duelo Portugal-Argentina, nem Cristiano Ronaldo nem Lionel Messi estavam em campo e os lusos venceram por 2 a 0.

Na outra partida válida pelo grupo D, o Honduras superou a Argélia por 3 2.

O placar mais elástico foi na chave C, com a Coreia do Sul massacrand Fiji por 8 a 0, enquanto o atual campeã olímpico México empatou em 2 a 2 com a Alemanha.

A partida com maior número de gols, porém, foi no grupo B, com o jogaço entre Nigéria e Japão, que terminou com vitória por 5 a 4 da seleção africana, campeã olímpica em Atlanta-1996. Etebo assumiu a artilharia ao anotar quatro dos cinco gols nigerianos.

Na outra partida da chave, a Suécia empatou em 2 a 2 com a Suécia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo