Esporte

Brasil domina e vence campeã olímpica Noruega na estreia do handebol feminino

06/08/2016 11h17

Rio de Janeiro, 6 Ago 2016 (AFP) - O Brasil mostrou que deve sim brigar pelo ouro no handebol feminino, brigando de igual para igual e vencendo a atual bicampeão olímpica Noruega por 31 a 28, superando com louvor uma complicada estreia pelo grupo A da competição, neste sábado na Arena do Futuro dos Jogos Olímpicos do Rio-2016.

Comandadas pela força física de Duda e precisão ofensiva de Ana Paula, as brasileiras fizeram partida digna de 2013, quando se consagraram campeãs do mundo, surpreendendo as potências europeias do handebol.

Seguindo a estratégia desenhada pelo técnico dinamarquês Morten Soubak, que focou grande parte da preparação do Brasil na melhora do sistema defensivo da equipe, as meninas brasileiras incomodaram demais as rápidas jogadoras norueguesas, muitas vezes com força excessiva. A ordem era clara: a bola pode até passar, mas a adversária não.

O plano funcionou e a superioridade física do Brasil permitiu à equipe manter a liderança no placar durante toda a partida.

No ataque, as norueguesas se viam obrigadas a colocar duas, até três jogadoras na marcação de Duda, uma das jogadores mais imponentes do mundo e eleita a melhor do planeta em 2014.

Duda ainda contou com a ajuda crucial de Ana Paula, válvula de escape do Brasil e artilheira da partida com 12 gols em 16 arremessos, autora de uma partida praticamente perfeita.

Durante todo o primeiro tempo, seguindo o plano de jogo do técnico Soubak, as brasileiras se mantiveram à frente no placar, mas a Noruega não deixava as donas da casa abrirem grande vantagem. Sempre que o Brasil marcava, as ótimas Morke e Loke, destaques norueguesas, respondiam.

Aos 28 minutos de jogo, após lindo gol de Deonise, numa 'deixadinha' que encobriu a goleira Grimsbo, o Brasil conseguiu abrir sua maior vantagem na partida até então: 17 a 15. No último minuto da primeira etapa, a Noruega fez mais um, conseguindo voltar ao vestiário perdendo por apenas um gol.

- Brasil abre vantagem -A grande partida realizada pela seleção brasileira, porém, não subiu à cabeça da equipe, sempre consciente de que do outro lado da quadra estava o melhor time do mundo, as atuais detentoras do ouro olímpico.

Essa concentração fez com que as meninas voltassem para o segundo tempo ainda mais focadas e, com 20 minutos, após gol de Ana Paula, numa pancada no ângulo que pegou na trave antes de entrar, a torcida comemorava vantagem de 6 gols do Brasil (26-20), a maior na partida.

Sob canto ensurdecedor do famoso "Eu sou brasileiro, com muito orgulho e muito amor!", as meninas acalmaram o jogo e colocaram a Noruega na roda, segurando a vitória de maneira madura e garantindo uma estreia impecável que coloca o Brasil no caminho certo rumo ao inédito ouro olímpico.

Na próxima rodada do Grupo A, o Brasil volta à quadra da Arena do Futuro, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca para enfrentar a Romênia. Já as norueguesas encaram a Espanha em busca da recuperação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo