Esporte

Palestina, com seis atletas, tem presença olímpica sem precedentes

06/08/2016 15h49

Ramallah, Territórios palestinos, 6 Ago 2016 (AFP) - Com seis atletas presentes em quatro modalidades, a Palestina conseguiu assegurar nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que foram inaugurados na sexta-feira, uma participação sem precedentes em seus vinte anos de história nessa competição.

É a sexta vez que o país participa dos Jogos Olímpicos de verão e na edição de Londres-2012 contou com cinco atletas.

Mais uma vez, a viagem da delegação se viu em parte atrasada. Os palestinos denunciam que Israel tenha dificultado de maneira sistemática o movimento de seus atletas e dirigentes.

O diretor de esporte palestino, Jibril Rajoub, afirmou recentemente à AFP que "impediu o chefe da delegação, Issam Qichta, de abandonar a Faixa de Gaza", cujos pontos de entrada e saída estão quase todos controlados por Israel, que falou em motivos de segurança antes de finalmente autorizar sua viagem ao Rio.

"Cada vez contamos com mais atletas nos Jogos Olímpicos", comemorou Munther Masalma, secretário-geral do Comitê Olímpico Palestino. "Apesar da falta de condições e o fato de vivermos sob a ocupação (israelense), enviamos mais atletas do que alguns países que vivem em liberdade total", apontou.

Judô: a melhor chance de medalhaEste ano, Mayada Al Sayad, de 23 anos, maratonista palestina de Jerusalém, mas que vive em Berlim, foi a porta-bandeira da Palestina na cerimônia de abertura. O judoca Simon Yacub, de 28 anos, é o que tem mais chances de chegar ao pódio na categoria de menos de 60kg.

Mohammed Abu Khussa, de 23 anos e originário da Faixa de Gaza, participará dos 100m. Ahmed Jibril, de 24 anos, competirá nos 200m da natação no estilo livre pela segunda vez, depois de competir em Londres-2012.

Mary Al Atrach, de 22 anos, estará também na natação, mas nos 50m livres. Na equitação, a Palestina será representada por Christian Zimmermann, de 54 anos, e morador da Alemanha.

A primeira edição dos Jogos Olímpicos em que a Palestina esteve foi a de Atlanta-1996, com dois representantes.

Também contou com dois atletas em Sidney-2000 e o número foi aumentando gradativamente a cada edição dos Jogos: foram três em Atenas-2004, quatro em Pequim-2008, cinco em Londres-2012 e agora seis.

Na edição de 2012, o judoca Maher Abu Remeleh foi o primeiro da história olímpica palestina a se classificar para o evento por seus resultados esportivos.

A Palestina foi reconhecida como membro do Conselho Olímpico da Ásia (OCA) em 1986 e do Comitê Olímpico Internacional em 1995.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo