Esporte

Érika Miranda é surpreendida no fim, perde nas quartas e vai para respecagem

07/08/2016 12h54

Rio de Janeiro, 7 Ago 2016 (AFP) - A judoca brasileira Érika Miranda estava com a vaga nas semifinais da categoria até 52 kg no bolso a poucos segundos do fim da luta, mas acabou sendo surpreendida por um ataque da chinesa Ma Yingnan que resultou em wazari e terá que disputar a repescagem para continuar lutando pelo bronze.

A brasiliense de 29 anos, que já brilhou na Cidade Maravilhosa ao levar a prata no Mundial de 2013, controlou a luta, com um judô agressivo, e ficou em vantagem quando sua adversária levou um shido a dois minutos do fim.

A torcida vibrava, gritando "Érika" e "Brasil, Brasil" a plenos pulmões, mas a desilusão veio de forma brutal, tirando a brasileira da briga pelo ouro.

Na respescagem, ela terá uma adversária duríssima pela frente, a romena Andreaa Chitu, número dois do mundo e dona de três medalhas em Mundiais (duas pratas e um bronze).

Na estreia, Érika fez valer a experiência ao derrotar por imobilização a tunisiana Hela Ayari, neste domingo, pela na categoria até 52 kg.

No masculino, o também brasileiro Charles Chibana não foi páreo para o japonês Masashi Ebinuma, tricampeão mundial e medalhista de bronze nos Jogos de Londres-2012, e caiu logo na estreia.

lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo