Esporte

Guilherme Toldo cai nas quartas do florete, mas iguala melhor resultado do Brasil

07/08/2016 15h33

Rio de Janeiro, 7 Ago 2016 (AFP) - Depois de Nathalie Moellhausen na espada feminina, foi a vez de Guilherme Toldo fazer história para a esgrima brasileira ao se tornar o primeiro a chegar às quartas de final de uma competição olímpica masculina, o florete.

A grande campanha que teve até vitória sobre um dos maiores nomes da modalidade, o japonês Yuki Ota, terminou com derrota por 15 a 8 para o italiano Enrico Garozzo.

Nesse duelo de quartas de final, o jovem gaúcho de 23 anos entrou na pista com a torcida cantando seu nome na melodia do hino de futebol "o campeão voltou".

O incentivo deu força ao brasileiro, que incendiou o público ao abrir logo vantagem de 2 a 0, mas a reação do italiano foi contundente, com três toques seguidos.

Guilherme conseguiu virar para 4-3, mas em seguida sofreu uma sequência de seis toques, e não conseguiu reverter o prejuízo, apesar do apoio constante da torcida, aos gritos de "Brasil, Brasil!".

"Nunca competi com um público como esse. Nem em Londres o pessoal tinha sido tão caloroso com os britânicos. O apoio da torcida é muito importante, é isso que faz o diferencial dessa prova", lembrou o brasileiro.

"Estou contente, porque consegui dar meu melhor hoje, com boa postura, aplicando tudo que tinha planejado, mas eu vim para ganhar medalha. chegar aqui e voltar com peito vazio é meio frustrante. Eu me preparei para isso, não vim para brincar. Chegar aqui e voltar com peito vazio é meio frustrante".

Na estreia, Guilherme derrotou o austríaco Rene Pranza por 15 a 14, em disputa de tirar o fôlego.

Em seguida, o brasileiro surpreendeu a todos ao superar ninguém menos que Yuki Ota, que levou a prata nas últimas duas olimpíadas, por 15 a 13.

Nas oitavas, o brasileiro superou com autoridade Ka Long Cheung, de Hong Kong, tornando-se o primeiro do país a alcançar as quartas de final no masculino.

No sábado, Nathalie Moellhausen, filha pai alemão e mãe ítalo-brasileira, que passou a defender o Brasil depois de ser campeã mundial por equipes pela Itália, foi derrotada nas quartas de final da espada individual pela francesa Lauren Rembi.

lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo