Esporte

Outro boxeador olímpico detido por agressão sexual na Rio-2016

08/08/2016 15h45

Rio de Janeiro, 8 Ago 2016 (AFP) - Um segundo boxeador olímpico, desta vez da Namíbia, foi detido por agressão sexual de uma camareira na Vila dos Atletas, informou um porta-voz da polícia.

Jonas Junias Jonas, um boxeador da Namíbia de 22 anos que na sexta-feira carregou a bandeira de seu país na cerimônia inaugural dos Jogos Olímpicos, foi detido no domingo.

Segundo o portal G1, o boxeador beijou uma funcionária da limpeza enquanto seu treinador o observava e nada fez para impedir.

"Ela limpava outro quarto quando ele a agarrou por trás e a beijou no pescoço", contou a delegada Carolina Salomão a G1. O atleta ainda teria feito gestos sugestivos de atos sexuais e ofereceu dinheiro.

Jonas devia competir contra o francês Hassan Amzile em 11 de agosto na divisão dos 64 kg.

Antes, o boxeador olímpico marroquino Hassan Saada também foi detido, dois dias antes da abertura dos Jogos, pela mesma acusação, só que relativa a duas camareiras.

Saada, que permanece preso, ficou sabendo na prisão sua derrota por abandono na divisão dos 81 kg.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo