Esporte

Rafaela Silva conquista primeiro ouro do Brasil e Japão domina ginástica

09/08/2016 00h13

Rio de Janeiro, 9 Ago 2016 (AFP) - O terceiro dia de competições dos Jogos do Rio tem como destaques a medalha de ouro da judoca brasileira Rafaela Silva, na categoria até 57 kg, a vitória do Japão na competição masculina por equipes da ginástica artística e o título feminino australiano na estreia do rúgbi olímpico.

A judoca da Cidade de Deus derrotou na final a mongol Sumiya Doorjsuren, conquistando a segunda medalha brasileira nos Jogos do Rio, depois da prata de Felipe Wu no tiro esportivo.

A carioca de 22 anos tornou-se a segunda mulher brasileira campeã olímpica no judô, depois de Sarah Menezes em Londres-2012.

As medalhas de bronze foram para a japonesa Kaori Matsumoto, medalhista de ouro em Londres-2012 e tricampeã mundial, e a portuguesa Telma Monteiro, dona de cinco medalhas em Mundiais, que conseguiu seu primeiro pódio em quatro Olimpíadas.

Na outra decisão do judô nesta segunda-feira, o japonês Shohei Ono, duas vezes campeão do mundo, conquistou a medalha de ouro ao vencer o atleta do Azerbaijão Rustam Orujov por ippon.

O georgiano Lasha Shavdatuashvili e o belga Dirk van Tichelt levaram as medalhas de bronze.

Na ginástica artística, o Japão - atual campeão mundial - conquistou o ouro (274.094 pontos) graças à apresentação impecável no solo de Kenzo Shirai, exercício no qual é o melhor do mundo, e sua nota 16.133.

Os japoneses acabaram com a supremacia da China em Jogos Olímpicos, campeã em Pequim-2008 e Londres-2012.

A prata ficou com a surpreendente Rússia (271.453), que superou os chineses no último aparelho, o solo.

Medalhas e polêmica na nataçãoDepois de ser chamado de "dopado" pelo australiano Mack Horton, o chinês Sun Yang deu a resposta na piscina ao vencer a prova dos 200 m nado livre dos Jogos do Rio.

Sun, de 24 anos, levou a melhor com tempo de 1 minuto, 44 segundos e 65 centésimos, superando nos metros finais o sul-africano Chad Le Clos (1:45.20) e o americano Connor Dwyer (1:45.23).

A jovem americana Lilly King, de 19 anos, venceu os 100 m peito, enquanto a russa Yulia Efimova, que foi autorizada na última hora a disputar os Jogos do Rio depois do escândalo de doping que atinge seu país, conquistou a prata.

King venceu a prova em 1 minuto, 4 segundos e 93 centésimos, quase seis décimos à frente da russa (1:05.50). A também americana Katie Meili (1:05.69) levou o bronze.

Efimova, que chegou a ser banida com outros seis nadadores russos por conta das revelações do relatório McLaren, foi vaiada quando seu nome foi anunciado no Centro Aquático do Parque Olímpico. Parte do público chegou até a gritar "no more doping" (chega de doping, inglês).

A húngara Katinka Hosszu, a 'Dama de Ferro', conquistou o segundo ouro em três dias de competição: ela venceu a prova dos 100 m costas.

Hosszu completou a distância em 58 segundos e 45 segundos, contra 58.75 da americana Kathleen Baker.

Fato curioso: duas medalhas de bronze serão distribuídas, já que a canadense Kylie Masse e a chinesa Yanhui Fu bateram com o mesmo tempo (58.76).

O jovem nadador americano Ryan Murphy, de apenas 21 anos, venceu os 100 m costas com direito a recorde olímpico, completando a distância em 51 segundos e 97 centésimos.

Os Estados Unidos emplacaram dois atletas no pódio, já que o bronze ficou com o veterano David Plummer, de 30 anos, com tempo de 52.40. Quem levou a prata foi o chinês Jiayu Xu (52.31).

Nova eliminaçãoNo tênis, a dupla brasileira formada por Marcelo Melo e Bruno Soares derrotou os sérvios Novak Djokovic e Nenad Zimonjic pela segunda rodada do torneio olímpico por 2-0 (6-4, 6-4).

No domingo, Djokovic foi eliminado de maneira surpreendente do torneio de simples pelo argentino Juan Martin Del Potro.

Djokovic não informou se pretende disputar o torneio de duplas mistas no Rio-2016. O prazo de inscrição vai até terça-feira.

Na estreia do rúgbi como esporte olímpico, as australianas conquistaram a medalha de ouro, ao derrotar na final a Nova Zelândia por 24-17.

Mais bem organizadas coletivamente e, especialmente, pela precisão técnica perfeita, a equipe composta por sete atletas controlou as neozelandesas para levar o título.

Na disputa do terceiro lugar, o Canadá venceu a Grã-Bretanha por 33-10.

No torneio de saltos ornamentais, os chineses Chen Aisen e Lin Yue conquistaram o ouro no sincronizado da plataforma de 10 metros, no Centro Aquático Maria Lenk.

Chen e Lin lideraram toda a competição e terminaram com uma vantagem de 39,87 pontos sobre os medalhistas de prata, os norte-americanos David Boudia e Steele Johnson.

Os britânicos Tom Daley e Daniel Goodfellow conquistaram o bronze.

No levantamento de peso, a tailandesa Sukanya Srisurat conquistou o título olímpico na categoria 58 quilos, à frente de sua compatriota Pimsiri Sirikaew e da taiwanesa Hsing-Chun Kuo.

A Tailândia já conquistou três medalhas na modalidade na Olimpíada do Rio.

Sukanya, suspensa durante dois anos por doping, totalizou 240 quilos (110 kg no arranque e 130 kg em dois tempos), superando Pimsiri por oito quilos.

O colombiano Oscar Figueroa conquistou a terceira medalha de ouro olímpica da história do país, ao vencer a categoria 62 quilos do levantamento de peso.

No torneio de tiro, o italiano Niccolo Campriani conquistou o ouro na carabina de ar a 10 metros.

Campriani, segundo colocado na prova em Londres-2012, superou o ucraniano Serhiy Kulish, que levou a prata. O russo Vladimir Maslennikov conquistou o bronze no Centro Olímpico de Tiro em Deodoro.

Já o croata Josip Glasnovic obteve o ouro na prova de fossa olímpica, após empatar por 13-13 com o italiano Giovanni Peliello e vencer por 4-3 na morte súbita.

O britânico Edward Ling terminou em terceiro ao vencer o tcheco David Kostelecky por 13-9 na disputa pela medalha de bronze.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo