Esporte

Maria Portela é eliminada por entrada ilegal e está fora dos Jogos Rio-2016

10/08/2016 12h02

Rio de Janeiro, 10 Ago 2016 (AFP) - A judoca brasileira Maria Portela foi eliminada em sua segunda luta na categoria até 70 kg dos Jogos Olímpicos, penalizada pelos árbitros nos segundos finais por uma entrada ilegal na austríaca Bernadette Graf, nesta quarta-feira na Arena Carioca 2.

A gaúcha de 28 anos fez duelo muito equilibrado com a adversária austríaca durante toda a luta, na qual as duas judocas receberam advertência por falta de combatividade.

A 13 segundo do fim, Portela acabou pecando pela pressa de finalizar a luta na tentativa de escapar do 'Golden Score', realizando entrada ilegal em Graf.

A brasileira tentou cinturar a adversária sem segurar o quimono. Para que o golpe fosse legal, precisaria realizar pelo menos uma das pegadas do judô.

O árbitro parou a luta e pediu a análise dos jurados, que confirmaram a ilegalidade da ação e a eliminação da brasileira.

Inconformada, a 'raçudinha do Pampas' desabou no tatame aos prantos ao perceber que o sonho olímpico tinha terminado. Apesar do apoio da torcida, que gritava "Maria! Maria!", a judoca precisou ser amparada pela técnica Rosicleia Campos.

Portela havia iniciado bem a competição, vencendo na estreia a a marroquina Assmaa Niang no 'Golden Score' com um yuko.

am,lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo