Esporte

Rio-2016/Judô: Declarações de Mayra Aguiar

11/08/2016 20h22

Rio de Janeiro, 11 Ago 2016 (AFP) - Declarações da judoca Mayra Aguiar, que conquistou a terceira medalha do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio, o bronze na categoria até 78 kg.

"Essa medalha conquistada em casa vai ficar marcada na minha vida, é uma coisa que vou guardar para sempre".

Sobre o momento atual do judô brasileiro: "Temos um time maravilhoso, tanto no feminino quanto no masculino. O judô brasileiro é lindo, sempre traz alegrias ao nosso país. Ainda temos muito para crescer, o time feminino ainda é muito jovem, mas já com campeãs olímpicas e campeãs mundiais".

Sobre o pouco tempo para se recuperar da derrota na semifinal: "Foi um momento bastante difícil. Numa competição, quando a gente vem com um objetivo, e é complicado mudar a cabeça em tão pouco tempo. Mas vale a pena. Em Londres, aconteceu isso também. Perdi uma semifinal e tive que voltar e conquistar a medalha. Vi que valeu muito a pena. Aquilo transformou minha vida. Sou uma medalhista olímpica, hoje com duas medalhas. Quando perdi aquela luta, fiquei abalada, com certeza, mas depois botei na minha cabeça que vale a pena. Não poderia ter desistido porque sei o quando é bom ser medalhista".

"Eu tentei botar na minha cabeça que era outra competição. A gente perde uma medalha, mas não perde a guerra. Ainda tem uma luta. Foi uma nova competição para mim e eu saí campeã. Medalha olímpica não tem cor, é medalha olímpica. Não dava para sair daqui sem ela. A primeira coisa que a gente aprende no judô, é cair, para depois se levantar. Caí, caí feio, me abalou muito, mas eu tinha que voltar e conquistar essa medalha".

"O Kiko (Antônio Carlos Pereira), treinador que me acompanha desde 11 anos, me ajudou muito. Ele falou: 'Mayra, essa é tua, vamos com tudo. Esse é o teu ouro. Não saia daqui sem ele".

"O tempo entre as duas lutas é muito curto, mas eu consegui trocar esse sentimento ruim por algo positivo, muito forte, de garra, de vontade. Dá muita raiva, odeio perder, então mesmo se tivesse que deixar o corpo ali não iria perder essa medalha".

lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo