Esporte

Seleção masculina é derrotada pelos EUA e perde 100% no vôlei

12/08/2016 01h25

Rio de Janeiro, 12 Ago 2016 (AFP) - Como já havia acontecido em suas duas primeiras partidas nos Jogos Olímpicos Rio-2016, a seleção masculina de vôlei do Brasil teve início ruim de jogo, mas, desta vez, não conseguiu se recuperar, perdendo por 3-1 para os Estados Unidos, nesta quinta-feira no Maracanãzinho.

Na estreia na competição contra a equipe do México, Bruninho, Serginho e companhia também começaram a partida em desvantagem, mas conseguiram vencer por 3-1, roteiro que repetiram contra o Canadá.

Nesta quinta-feira, porém, os brasileiros perderam os dois primeiros sets e, apesar da vitória na terceira parcial, foram dominados e derrotados pelos Estados Unidos, parciais de 25-20, 25-23, 20-25 e 25-20, deixando escapar os 100% de aproveitamento na competição.

Em outras partidas do Grupo A disputadas nesta quinta-feira, a França derrotou o Canadá (3-0) e a Itália passou fácil pelo México (3-0).

Com estes resultados, a Itália segue na liderança isolada da chave com 9 pontos. O Brasil segue na segunda colocação com 6 pontos, mas empatados com a França. Já os Estados Unidos somaram os três primeiros pontos e se recolocaram na briga pela classificação.

O Brasil volta à quadra no sábado para enfrentar os líderes italianos às 22h35 no Maracanãzinho. Em seguida, encerra a participação na fase de grupos contra os franceses no dia 15.

- Erros em demasia -Tradicional potência do vôlei mundial, os Estados Unidos surpreenderam nos dois primeiros jogos nos Jogos Olímpicos, mas negativamente, perdendo para Canadá e Itália. Contra o Brasil, resolveram encontrar seu melhor vôlei.

O início do primeiro set foi marcado pelo equilíbrio, mas assim como nas dois primeiros jogos, o Brasil se mostrou muito irregular no ataque e no saque, entregando pontos fáceis para os americanos, que aceitaram os presentes e lideraram o placar até fechar em 25-20.

O segundo set seguiu o mesmo cenário do primeiro. Quando encaixavam seu jogo técnico e rápido, os brasileiros abriam vantagem no placar. Em seguida, erravam em demasia e os Estados Unidos voltavam a encostar. Com 22-22, os americanos forçaram o saque e, com duas bombas de Christenson, abrirem dois sets de vantagem, 25-22.

O Brasil não tinha mais margem para erro. Ou aumentava a intensidade e o nível de seu jogo, ou saída do Maracanãzinho com a primeira derrota nos Jogos Olímpicos.

Os comandados de Bernardinho optaram pela primeiro opção. No terceiro set, conseguiram desenvolver seu jogo e, principalmente, diminuíram a quantidade de erros. Com isso, veio a vitória em 25-20, acordando a torcida brasileira que lotou o Maracanãzinho.

Mas não houve jeito de manter o ritmo no quarto set. Os americanos voltaram mais agressivos no saque e com a precisão dos ataques de Anderson, maior pontuador da partida com 23 pontos, selaram a primeira derrota do Brasil nos Jogos do Rio-2016, fechando a última parcial em 25-20.

am

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo