Esporte

Farah leva tombo, mas fatura o bi nos 10.000 m

13/08/2016 22h25

Rio de Janeiro, 14 Ago 2016 (AFP) - O britânico Mo Farah voltou a fazer história neste sábado ao se tornar bicampeão olímpico dos 10.000 m nos Jogos do Rio, apesar de levar um tombo assustador no meio da prova.

O atleta de 33 anos completou a distância em 27:05.17, superando na reta final o queniano Paul Tanui, que ficou com a prata (27:05.64). O etíope Tamirat Tola (27:06.26) completou o pódio.

O britânico nascido na Somália sonha em repetir o feito de Londres-2012, quando completou a dobradinha 5.000-10.000.

A final dos 5.000 m está marcada para o dia 20 de agosto, penúltimo dia de competição.

Além da dobradinha olímpica de Londres, Farah alcançou em feito nos últimos dois mundiais, em Moscou-2013 e Pequim-2015.

Como de costume, Farah começou atrás do pelotão, durante pouco mais de 2.000 m, e começou a acelerar o ritmo, mas sofreu uma queda perto dos 4.000 m depois de ficar encaxotado entre outros atletas.

A imagem foi assustadora, mas o britânico se levantou logo e, depois de ficar um tempo no meio do pelotão, voltou a ficar entre os líderes.

Farah passou a acelerar faltando 800 m para pressionar os rivais, deixando muitos para trás.

Tanui, porém, continuava firme, e disparou de forma fulminante na última volta, mas não o suficiente para deixar o Farah para trás. O multicampeão se manteve na cola e deu o sprint fatal na reta final, para cruzar a linha de chegada em primeiro, pouco mais de meio segundo à frente do queniano.

O britânico desabou, muito emocionado e parecendo estar exausto, e beijou a pista antes de sair comemorando.

A corrida é uma metáfora da história de vida de Mo Farah, que fugiu da Somália aos oito anos de idade, em plena guerra civil, e acabou se consagrando defendendo seu país adotivo. Caiu, mas levantou e deu a volta por cima.

lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo