Esporte

Phelps encerra carreira com 23ª medalha de ouro; EUA vencem dobradinha do revezamento

14/08/2016 00h47

Rio de Janeiro, 14 Ago 2016 (AFP) - O nadador americano Michael Phelps, mito da história da natação, encerrou a fantástica carreira com a conquista de sua 23ª medalha de ouro olímpica, neste sábado nos Jogos Rio-2016, com a vitória do revezamento 4x100 m medley com a equipe dos Estados Unidos.

Phelps, maior atleta olímpico da história, encerra a carreira nas piscinas com um total de 28 medalhas, conquistadas nas últimas quatro Olimpíadas.

Com Phelps no nado borboleta, os americanos venceram o revezamento com o tempo de 3:27.95. Grã-Bretanha (3:29.24) e Austrália (3:29.93) completaram o pódio.

Quem ajudou muito o mito das piscinas a conquistar mais uma medalha de ouro foi o compatriota Ryan Murphy, bicampeão nos Jogos Rio-2016 nas provas dos 100 e 200 m costas, que abriu o revezamento quebrando o recorde em sua especialidade (51.85).

Ao sair da água, Phelps, 31 anos, levantou os braços e saudou a torcida, visivelmente emocionado.

Phelps deixa o Rio de Janeiro com outros cinco títulos olímpicos (4x100 m livre, 200 m borboleta, 4x200 m livre, 200m medley e 4x100 m medley) e uma prata (100 m borboleta).

Além de Phelps e Murphy, a equipe do revezamento dos Estados Unidos contou também com Cody Miller, bronze nos 100 m peito, e Nathan Adrian, bronze nos 50 e 100 m livre.

A equipe brasileira, composta pelos nadadores Guilherme Guido, João Gomes, Henrique Martins e Marcelo Chierighini, disputou a final do revezamento 4x10 m medley e terminou na 6ª colocação (3:32.84), à frente de Alemanha e China, desclassificada.

- Última volta olímpica -Após participar pela 28ª vez da cerimônia de premiação em Jogos Olímpicos, Phelps exibiu, ao lado dos companheiros de revezamentom um cartaz com a frase: "Thank you, Rio! (Obrigado, Rio!)", diante do olhar emocionado da mulher Nicole, que carregava o filho Boomer, e aplausos da torcida brasileira.

No fim da volta olímpica, pegou uma bandeira americana e a exibiu emocionado

Antes de Phelps e companhia vencerem a última prova da natação dos Jogos Rio-2016, as compatriotas do revezamento feminino 4x100 m medley também abrilhantaram mais uma noite de conquistas para os Estados Unidos.

Mesmo sem contar com Katie Ledecky, considerada por muitos como a 'Phelps de maiô' e que na sexta-feira pulverizou o recorde mundial dos 800 m livres, a equipe americana, com Kathleen Baker, Lilly King, Dana Vollmer e Simone Manuel, completou o revezamento medley em 1º com o tempo de 3:53.13.

Quase dois segundos atrás chegou a Austrália, que ficou com a prata (3:55.00), enquanto a Dinamarca completou o pódio com um tempo que valeu às escandinavas o recorde europeu (3:55.18).

- Etiene chega em 8º nos 50 livres -A prova que abriu a sessão noturna desta sábado no Centro Aquático Olímpico foi a final do 50 m livres, que contou com a participação da brasileira Etienne Medeiros, última representante do país a disputar uma prova individual nos Jogos Rio-2016.

A pernambucana, primeira nadadora brasileira a chegar a uma final olímpica desde Pequim-2008, terminou a prova mais rápida da natação na 8ª colocação (24.69), 62 centésimos atrás da nova campeã olímpica, a dinamarquesa Pernille Blume, de 22 anos (24.07). Completaram a pódio a americana Simone Manuel, prata, e a bielorrussa Aliaksandra Herasimenia, bronze.

A holandesa Ranomi Kromowidjojo, campeã olímpica em Londres-2012, ficou apenas com o sexto lugar. A prova também não foi boa para as irmãs australianas Cate e Bronte Campbell, que acabaram na quinta e sétima posições.

Em seguida, foi a vez da final dos 1.500 m livres e o italiano Gregorio Paltrinieri dominou a prova do início ao fim para conquistar seu primeiro ouro olímpico.

Paltrinieri, campeão mundial da distância em Kazan-2015, nadou por boa parte da prova abaixo das parciais do recorde mundial, mas acabou soltando no fim, completando a distância em 14:34.57.

A prata ficou com o americano Connor Jaeger, que bateu quase cinco segundos atrás de Paltrinieri (14:39.48). O também italiano Gabriele Detti completou o pódio (14:40.86).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo