Topo

Esporte

Comitê Paralímpico da Rússia apela de suspensão dos Jogos Rio-2016

15/08/2016 06h16

Moscou, 15 Ago 2016 (AFP) - O Comitê Paralímpico russo, suspenso dos Jogos do Rio pelo Comitê Paralímpico Internacional (CPI) devido ao escândalo de doping de Estado na Rússia, apresentou uma apelação nesta segunda-feira ante o Tribunal Arbitral do Esporte de Lausanne.

O primeiro vice-presidente do Comitê Paralímpico russo, Pavel Rojkov, "apresentou no dia 15 de agosto uma apelação ante o TAS" e a audiência está prevista para 21 de agosto, indicou o organismo russo.

"A decisão sobre a participação da Rússia nos Jogos Paralímpicos do Rio será tomada no mais tardar em 22 de agosto", indicou o comunicado.

No dia 7 de agosto, o Comitê Paralímpico Internacional anunciou a suspensão da Rússia devido ao sistema de doping revelado pela comissão McLaren, excluindo-a, desta forma, dos Jogos do Rio.

"Nossa decisão se baseou no fato de saber se a Rússia pode respeitar suas obrigações em relação ao Código Mundial Antidoping. A Rússia não cumpre com estes critérios", argumentou então o presidente do CIP, Philip Craven.

O ministro russo dos Esportes, Vitali Mutko, havia classificado a decisão de desumana.

"Vamos defender nosso ponto de vista, segundo o qual é preciso punir os culpados e absolver os inocentes", havia dito o presidente do Comitê Paralímpico russo, Vladimir Lukin.

Os Jogos Paralímpicos do Rio estão previstos de 7 a 18 de setembro.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte