Esporte

Rio-2016: polícia investiga agressão de atleta búlgaro a camareiras

15/08/2016 21h02

Rio de Janeiro, 16 Ago 2016 (AFP) - A polícia civil do Rio de Janeiro investiga uma denúncia de agressão de um atleta búlgaro a um grupo de camareiras na cidade olímpica, informou a instituição nesta segunda-feira.

"Foi instaurado um procedimento para investigar lesões corporais sofridas por camareiras que trabalham na Vila Olímpica na manhã de ontem, 14 de agosto, tendo como autor um atleta da delegação búlgara", revela uma nota da polícia.

Segundo o relato de uma vítima, as camareiras "se dirigiam ao quarto do atleta para fazer a limpeza quando ele saiu, deu um golpe em uma delas e agrediu suas colegas de trabalho".

Casos de agressões sexuais contra camareiras ocorreram nos primeiros dias dos Jogos do Rio, que terminam neste domingo. O boxeador da Namíbia Jonas Junias Jonas foi preso acusado de agredir uma camareira, do mesmo modo que o boxeador marroquino Hassan Saada, libertado pouco depois em troca do cumprimento de medidas cautelares.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo