Esporte

Brasil luta mas perde para a Croácia nas quartas de final do polo aquático

16/08/2016 17h33

Rio de Janeiro, 16 Ago 2016 (AFP) - A seleção do Brasil bem que tentou, mas não conseguiu superar a Croácia, atual campeã olímpica, pelas quartas de final do polo aquático masculino dos Jogos Rio-2016 e foi derrotada por 10-6 nesta terça-feira.

A partida disputada no Centro Aquático do Parque Olímpico teve um bom público, que transformou o local em um caldeirão para tentar empurrar a seleção brasileira.

Apesar da eliminação, a campanha brasileira entra para a história. O país, que não disputava o polo aquático olímpico desde Los Angeles-1984, conseguiu pela primeira vez passar da fase de grupos, com direito a uma vitória de 6-5 sobre a Sérvia, atual campeã mundial.

A boa campanha mostra que a contratação do técnico croata Ratko Rudic, considerado uma lenda do esporte, foi um acerto, assim como a ideia - para alguns polêmica - de naturalizar ou repatriar cinco atletas para integrar o grupo de 13 da seleção de polo aquático.

Na partida desta terça-feira, o Brasil abriu o placar, mas logo sofreu a virada e a Croácia fez 3-1, mas um gol de Bernardo deixou o placar em 3-2 ao fim do primeiro quarto.

No segundo quarto, os croatas abriram 6-2 e 7-3. O Brasil até criava algumas chances, mas esbarrava em uma verdadeira muralha, o goleiro rival Marko Bijac.

Depois do intervalo, o terceiro quarto começou mais amarrado e apenas na metade do período o Brasil reduziu com Adrian, nascido na Espanha mas de pai brasileiro. A Croácia responde em seguida e deixou o placar em 8-4.

O grande momento do Brasil na partida veio nos últimos minutos do terceiro quarto. Bernardo fez o quinto da seleção, na sequência Damir Buric foi excluído da partida e Gustavo, de pênalti, deixou o placar em 8-6. Foi o suficiente para a torcida no Centro Aquático explodir, com direito a gritos de 'eu acredito'.

No inicio do último período, o Brasil teve a chance de se aproximar ainda mais no placar, mas a trave e o goleiro croata impediram. Com a experiência de um time campeão olímpico, a Croácia soube aguardar suas oportunidades para estabelecer o placar final de 10-6.

Além do goleiro Bijac, os destaques da Croácia foram o espanhol naturalizado Javier Garcia Gadea e Maro Jokovic, com três gols cada. Do lado brasileiro, Bernardo também anotou três gols.

Nas semifinais, a Croácia enfrentará Montenegro, que derrotou a Hungria por 13-11.

O Brasil enfrentará a Hungria para definir se disputará a definição do 5º ou do 7º lugar nas Olimpíadas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo