Esporte

Brasil vence França e passa no sufoco às quartas de final do vôlei

16/08/2016 01h15

Rio de Janeiro, 16 Ago 2016 (AFP) - Jogando pela sobrevivência nos Jogos Olímpicos Rio-2016, a seleção brasileira de vôlei masculino derrotou a boa equipe da França por 3 sets a 1 (25-22, 22-25, 25-20, 25-23), nesta segunda-feira no Maracanãzinho, e se classificou no sufoco para enfrentar a Argentina nas quartas de final.

Com campanha ruim no Grupo A até então, com duas vitórias e duas derrotas, o Brasil chegou ao último duelo na chave em situação delicada.

Na partida anterior, a Itália, líder do grupo A e já classificada às quartas de final, teve a oportunidade de ajudar o Brasil vencendo o Canadá, adversário direto pela classificação.

Os italianos, porém, optaram por descansar alguns titulares e testar jogadores em posições diferentes, o que resultou em tranquila vitória e classificação dos canadenses por 3 sets a 1 (25-23, 25-17, 16-25 e 25-21).

Com isso, Brasil e França, empatados com seis pontos na 4ª colocação, fizeram duelo de vida ou morte: quem vencesse avançava, quem perdesse voltaria para casa.

Acabou dando Brasil, graças à grande atuação de Wallace, autor de 19 pontos.

"Ganhar é bom, mas faltava algo a mais para acender o fogo na equipe. A gente disputou muito esse jogo, fizemos partida excepcional e estamos de parabéns", analisou Wallace após a partida.

Na próxima terça-feira, o duelo dos brasileiros será o clássico sul-americano contra a Argentina, 1ª colocada do Grupo B.

"A Argentina é um time chato e quartas de final é sempre difícil. Vamos comemorar um pouco e já pensar no restante da competição", concluiu o ponta.

- Vitória suada -Há alguns anos, o confronto contra os franceses seria considerado dos mais fáceis para a seleção de Bernardinho. Mas com a queda de rendimento recente do Brasil, a França, campeã da Liga Mundial em 2015, atual detentora do título europeu e que conta com um dos melhores jogadores do mundo, Earvin N'Gapeth, se tornou verdadeira pedreira.

E o jogo foi muito complicado. O primeiro set foi de extremo equilíbrio, com os franceses liderando o placar por boa parte da parcial, isso até Lucarelli ir pro saque.

Com quatro pancadas seguidas do ponta, dificultando a recepção dos adversários, o Brasil virou e abriu a maior vantagem da partida em 23-20, antes de confirmar o set em 25-22, em erro de N'Gapeth no serviço.

No segundo set, as duas equipes continuaram apostando nos saques venenosos. Diferentemente da primeira parcial, no qual deram seis pontos ao Brasil em erros de saque, os franceses colocaram a mão na forma, continuaram soltando rojões da linha de fundo e abriram 12-10.

O Brasil não conseguiu tirar a diferença e em ace de Le Roux os franceses fecharam o set em 25-22, empatando a partida.

No set seguinte, quem comandou o placar foram os brasileiros. Guiado pela eficiência de Lucarelli, com seis pontos na parcial, o Brasil mandou no jogo e chegou a abrir cinco pontos de vantagem (23-18), defendidos até a vitória em 25-20.

Só faltava um set para selar a vitória e a classificação às quartas e a torcida reconheceu o esforço dos atletas brasileiros aos gritos de "o campeão voltou!".

A França não se entregou e chegou a abrir 13-10. Atento, o Brasil deixou tudo igual em bloqueio de Lucão sobre N'Gapeth (14-14).

Na parte final do set, as duas equipes começaram a errar e a pressão foi aumentando. Não era só a vitória em jogo, mas também a sobrevivência nos Jogos Olímpicos.

Mais acostumado com momentos decisivos, o Brasil colocou em quadra sua experiência e, no fim, Wallace colocou a seleção em posição de match-point com uma linda cruzada. No ponto seguinte, a França tremeu, mandou ataque fácil para fora e selou a classificação do Brasil às quartas. Que venha a Argentina.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo