Esporte

'Nós nos sentimos horríveis', lamenta Vadão após derrota do Brasil para Suécia

16/08/2016 19h28

Rio de Janeiro, 16 Ago 2016 (AFP) - 'Nós nos sentimos horríveis", afirmou Vadão, o técnico da seleção feminina de futebol brasileira, ao analisar nesta terça a derrota da equipe nos pênaltis (4-3, após empate em 0-0 em 120 minutos) para a Suécia nas semifinais dos Jogos do Rio-2016, admitindo que o jogo defensivo das suecas "funcionou".

"Nós nos sentimos horríveis. Sabíamos que a estratégia da Suécia seria esperar atrás. Foram perfeitas na defesa. Elas souberam neutralizar nossas jogadoras", disse Vadão em coletiva no Maracanã.

"A estratégia da minha colega [Pia Sundhage] funcionou nas duas últimas partidas, elas estão na final e nós, não", acrescentou.

O transcurso dos 120 minutos no Maracanã esteve longe do 5-1 que o Brasil impôs às suecas na primeira fase no Engenhão.

Desta vez, as as escandinavas apertaram onde precisavam e contaram com a goleira Hedvig Lindahl, inspiradíssima para proteger o gol durante o tempo regulamentar e a prorrogação, e depois brilhar nos pênaltis, defendendo as cobranças de Cristiane e Andressa.

"Agora, temos que preparar a partida pela medalha de bronze, é preciso terminar os Jogos com cabeça erguida e vamos lutar por esta medalha porque este grupo trabalhou para merecer algo mais", reforçou Vadão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo