Esporte

Torcida faz a festa com juiz brasileiro no boxe

16/08/2016 19h47

Rio de Janeiro, 16 Ago 2016 (AFP) - Na expectativa da luta do brasileiro Robson Conceição contra o francês Sofiana Oumiha, pela final da categoria peso leve (60 kg) do boxe dos Jogos Olímpicos, a torcida que lotou o Pavilhão 6 do Riocentro não perdeu a oportunidade de fazer festa ao perceber que o juiz de uma das lutas anteriores também era do Brasil.

No combate válido pelas semifinais da categoria meio-pesado (até 81 kg) entre o britânico Joshua Buatsi e o cazaque Adilbek Niyazymbetov - que venceu a luta - o público comemorou o anúncio do nome do juiz da luta: o brasileiro Jones Kennedy Silva do Rosário.

Durante os três rounds e os intervalos, os gritos de "Rosário, Rosário" e "Rosário é sinistro" (aproveitando um grito das torcidas de futebol para o ex-jogador Romário) dominaram o Pavilhão 6 do Riocentro.

Mesmo depois da luta, o juiz brasileiro continuou a ser celebrado, naquele que deve ser um caso único na história de um árbitro de qualquer modalidade esportiva celebrado pela torcida.

fp

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo