Esporte

Brasil perde para a China por 3-2 e dá adeus ao sonho do tri no vôlei feminino

17/08/2016 01h30

Rio de Janeiro, 17 Ago 2016 (AFP) - Em um jogo emocionante, o Brasil foi eliminado pela China nas quartas de final do vôlei feminino dos Jogos Olímpicos Rio-2016 por 3-2 (15-25, 25-23, 25-22, 22-25 e 15-13) e deu adeus ao sonho do tricampeonato.

A seleção, campeã em Pequim-2008 e Londres-2012, não conseguiu escapar da armadilha chinesa, com muita defesa e aplicação, além da atuação impressionante de Ting Zhu, que marcou 28 pontos.

Para completar o cenário, a seleção cometeu muitos erros.

Após a partida, Sheilla e Fabiana, duas veteranas e bicampeãs olímpicas, afirmaram que não devem jogar mais pela seleção.

Invictas na primeira fase, com cinco vitórias e sem perder um set, a equipe do técnico José Roberto Guimarães foi a primeira colocada do Grupo A, enquanto a China foi apenas a quarta do Grupo B.

E o primeiro set foi tão tranquilo que deu a ideia de que o Brasil voltaria a vencer com facilidade.

A seleção abriu 8-2 e não tirou o pé do acelerador. Fabiana, com seis pontos, e Fernanda Garay, com cinco, foram os destaques da seleção, que venceu por 25-15.

No segundo set, o jogo mudou. O Brasil chegou a ter 11-6 no placar, mas a equipe asiática buscou o empate em 11-11, o que obrigou José Roberto a pedir tempo.

O equilíbrio prosseguiu, mas o Brasil chegou a ter 20-17. Com um jogo de muita paciência, mais uma vez as rivais conseguiram empatar em 21-21 e o técnico brasileiro pediu novo tempo.

Com 23-23 no placar, as chinesas conseguiram trabalhar bem os últimos pontos e fecharam a parcial em 25-23.

- 'Eu acredito' frustrado -O terceiro set seguiu com a partida equilibrada. Com 7-7 no placar, Zé Roberto pediu um desafio em uma bola chinesa considerada dentro. Quando o vídeo mostrou que a bola havia sido fora, dando razão ao técnico brasileiro, a torcida vibrou, percebendo que o jogo era muito mais complicado do que se previa.

Com 12-11, Fê Garay fez uma defesa incrível, Dani Lins levantou e Natália soltou o braço.

No 13-13, José Roberto colocou Jaque em quadra e ela anotou dois pontos em sequência, mas a China seguia encostada no placar.

E as chinesas viraram o marcador, para chegar a 21-18, com ótima atuação de Qiuyue Wei. A torcida começou a gritar "eu acredito", mas as adversárias administraram a vantagem e fecharam o set em 25-22.

Pela primeira vez na Olimpíada o Brasil estava atrás no placar, resultado de um grande jogo da China, com grande volume de defesa, mas também dos erros cometidos pela seleção.

O nervosismo da equipe ficou claro no início do quarto set. Com erros de recepção em dois saques de Ni Yan, a China abriu 7-5, José Roberto pediu tempo e a torcida começou a gritar "Brasil, Brasil".

As jogadoras começaram a vibrar em cada ponto e a torcida entendeu o momento. Mas do outro lado, as chinesas permaneciam em vantagem, até um ponto de saque de Fabiana que empatou o set em 14-14.

Um bloqueio de Juciely, que entrou no lugar de Thaisa, deixou o Brasil em vantagem de 16-14.

Com o Maracanãzinho transformado em caldeirão, a equipe brasileira mostrou que não é bicampeã olímpica por acaso. A seleção administrou a vantagem e fechou o set em 25-22, levando a partida para o tie-break.

O quinto set seguiu equilibrado até o 7-7, quando a China abriu dois pontos de vantagem, mas com um ataque de Fê Garay o Brasil voltou a empatar em 10-10.

As falhas, no entanto, continuaram, com erros de saque em sequência de Dani Lins e Sheilla, o que deixou as chinesas com 14-12 no placar. Fabiana anotou o 13º ponto do Brasil, mas as chinesas não se abalaram com a pressão e fecharam em 15-13.

Desta maneira, o sonho do título em casa, que seria o tricampeonato olímpico, chegou ao fim.

Agora a China enfrenta a Holanda, que venceu a Coreia do Sul por 3-1. A segunda semifinal será disputada entre Estados Unidos e Sérvia, que venceram nas quartas, respectivamente, Japão e Rússia por 3-0.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo