Esporte

Órgãos do treinador alemão morto em acidente no Rio salva vidas

17/08/2016 14h57

Rio de Janeiro, 17 Ago 2016 (AFP) - Os órgãos de Stefan Henze, treinador alemão da canoagem slalom morto na segunda-feira em razão das graves lesões sofridas em um acidente de carro, foram doados e salvaram quatro vidas no Rio de Janeiro, informaram fontes da saúde da cidade sede dos Jogos Olímpicos.

Henze, de 35 anos e ex-campeão mundial e medalha de prata nos Jogos de Atenas-2004, morreu no hospital depois se sofrer o acidente quando viajava de táxi.

As autoridades da saúde confirmaram à agência alemã SID, filial da AFP, que "o coração, o fígado e os dois rins (de Henze) foram transplantados com sucesso", depois que a família autorizou a doação dos órgãos.

Henze "salvou quatro vidas", destacou a porta-voz Roberta Napolis.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo