Esporte

Suécia x Alemanha na inesperada final pelo ouro; Brasil corre atrás do bronze

18/08/2016 16h14

Rio de Janeiro, 18 Ago 2016 (AFP) - O Brasil de Marta lutará pelo prêmio de consolação, a medalha de bronze, diante do Canadá, enquanto Suécia e Alemanha buscarão o ouro do futebol feminino do Rio de Janeiro-2016.

As suecas, que o mais longe que chegaram nos Jogos Olímpicos foi quarto lugar em Atenas-2004, calaram a boca de todos que acharam que elas não passariam pelas consagradas americanas, as campeãs mundiais que queriam repetir no Rio o ouro de Londres-2012.

As 'Blagutt' ganharam por 4-3 nos pênaltis depois de um 1-1 nos 120 minutos.

O Brasil tem a mesma falta de sorte das americanas. A seleção enfrentou uma Suécia ultra defensiva até levar o 0-0 a para os pênaltis, vencidos pelas europeias por 4-3.

Coisas do destino, a Suécia foi a encarregada por abrir o torneio contra a África do Sul, dos dias antes da abertura oficial dos Jogos Olímpico, agora é a última a ir embora. Sua única vitória em 90 minutos foi contra as sul-africanas (1-0).

Agora as suecas terão que enfrentar a Alemanha, bronze em Sidney-2000, Atenas-2004 e Pequim-2008. As alemãs eliminaram o Canadá nas semifinais com uma vitória de 2-0, dando o troco pelo 2-1 das 'Canucks' na primeira fase.

As alemãs terão oportunidade para imitar a 'Mannschaft' de Joachim Löw, que saiu do Maracanã como campeã do mundo em 2014.

O duelo também será uma ótima ocasião para as escandinavas se vingarem pela derrota por 4-1 nas oitavas de final do Mundial de Canadá-2015, onde as alemães se despediram posteriormente nas semifinais.

O ouro olímpico estará em disputa nesta sexta-feira no Maracanã a partir das 17H30.

- Uma medalha de que ninguém gosta -Brasil e Canadá também se encontrarão também na sexta-feira (16H00) na Arena Corinthians para decidir o terceiro lugar do torneio.

Será a terceira vez que as meninas disputam a partida de consolação, depois de perder as finais de Atenas-2004 e Pequim-2008, enquanto que para as canadenses é sua segunda partida consecutiva pelo bronze.

"Nada vai tirar o brilho de nosso trabalho durante este período. Temos que lutar pelo bronze e faremos isso até o final", garantiu Marta, a craque da equipe que ganhou cinco vezes o prêmio de melhor jogadora do mundo pela Fifa (2006, 2207, 2008, 2009 e 2010).

O Brasil passou pela primeira fase sem problemas, inclusive goleando a Suécia por 5-1 em dia de jogo bonito. Mas nas semifinais as europeias se impuseram, com sua goleira Hedvig Lindahl brilhando nos pênaltis, defendendo as cobranças de Cristiane e Andressa.

O Canadá ganhou no Grupo F com uma pontuação perfeita, incluindo uma vitória sobre sobre as alemãs, e nas quartas derrotou a França, forte candidata à final, por 1-0.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo