Esporte

Ginga carioca

19/08/2016 22h12

Rio de Janeiro, 20 Ago 2016 (AFP) - Confira abaixo curiosidades desta sexta-feira (19) nos Jogos Olímpicos Rio 2016:

. 50 km com o coração...Com problemas cardíacos, Horacio Nava nunca teria podido disputar seus terceiros e últimos Jogos, no Rio, aos 34 anos, se não tivesse decidido se operar em 2005. "Cada um tem seu sonho e deve ter orgulho de fazer parte de alguma coisa. É resultado de anos de trabalho, e eu nunca teria conseguido chegar aqui sozinho, sem a ajuda da minha equipe, da minha família e dos meus amigos", conta o mexicano, antes de ocupar o 12º lugar da marcha de 50 km. Foi depois dos Mundiais de Helsinki, em 2005, que seu problema cardíaco foi diagnosticado. Os especialistas mexicanos consultados não lhe deixaram alternativa: operar o coração, ou dar "adeus" à competição. Ficar em 12º é menos do que seu 6º lugar em Pequim-2008, mas ele já ganhou a medalha do coração...

. Primeira medalha cubana é para.... minha mãe"A medalha é uma recompensa por todos os sacrifícios, pelos quais eu passei, e pelo apoio de todo mundo depois disso - e, em particular, da minha mãe", conta Julio Cesar La Cruz, primeiro boxeador cubano campeão olímpico na categoria dos 81 kg, em alusão a seu ferimento a bala há pouco mais de dois anos. O boxeador, hoje com 27 anos, foi atingido no lado esquerdo do quadril, em uma tentativa de roubo em janeiro de 2014. Como lembrança, guardou a bala extraída. "Minha mãe é a principal pessoa, que me estimula todo o tempo. É também ela que sempre me dá esperança", acrescentou La Cruz.

. Dupla de irmãos campeõesAlistair e Jonny Brownlee, primeiros irmãos britânicos campeão e vice-campeão olímpicos da história (no triatlo do Rio), foram festejados no país. E sua cidade natal de Leeds decidiu iluminar o prédio da prefeitura de ouro - é claro. Jonny explica a vitória pelo fato de os dois irmãos terem feito tudo junto desde a infância. "Alistair me ensinou a treinar. Andamos de bicicleta juntos para ir à escola, e eu confiava totalmente nele para os treinamentos", conta Jonny, de 26. "Ganhar ouro e bronze em Londres foi inacreditável. Mas, ouro e prata aqui, a gente não poderia esperar nada melhor do que isso", afirma Alistair, de 28, e agora duplo campeão olímpico. Outros dois irmãos, os russos Igor e Dmitry Polyanskiy, também competiram juntos, chegando em 31º e 32º.

. 18 filhos e uma filhaRogério Micale, treinador da equipe de futebol masculino do Brasil, usa a fibra de pai com seus jogadores. "Eu ganhei 18 filhos, talvez porque eu tenha uma filha da idade do Neymar (24 anos)", disse ele na quinta-feira (18), às vésperas da final contra a Alemanha, neste sábado. "Além disso, eles estão todos bem. A gente aprende a admirar esses garotos. Ganhei 18 filhos e 18 amigos, porque eu me sinto muito bem com eles e sentirei saudades depois". Seus "filhos" preferidos são Gabriel Jesus, o qual ele acompanha há muito tempo e "respira futebol", e Neymar.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo