Topo

Esporte

Recurso da nadadora francesa que perdeu medalha para brasileira rejeitado

19/08/2016 15h12

Rio de Janeiro, 19 Ago 2016 (AFP) - O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) rejeitou o recurso apresentado pela francesa Aurélie Muller depois de sua desclassificação nos 10 km da natação em águas abertas, que a privou da medalha de prata.

Muller, campeã mundial e europeia, era a favorita da maratona aquática, disputada na segunda-feira. Apesar de terminar na segunda posição, foi desclassificada depois de bloquear a italiana Rachele Bruni, que herdou a prata.

Dessa maneira, a brasileira Poliana Okimoto, quarto lugar, ficou com o bronze.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte