Topo

Esporte

Rio-2016/Marcha Atlética: declarações de Caio Bonfim

19/08/2016 13h25

Rio de Janeiro, 19 Ago 2016 (AFP) - Declarações do brasileiro Caio Bonfim, que chegou em nono lugar da prova dos 50 km marcha atlética nos Jogos do Olímpicos do Rio, batendo o recorde brasileiro (3h47:02).

"Pensei muito no povo brasileiro hoje. Lembrei de todos os brasileiros que acordam de manhã e vencem seus 100 quilômetros diários. Eu só tinha esse de hoje. Muita gente queria ter saúde para poder caminhar por aí e não tem. Hoje pude representar essas pessoas. Eu tinha que honrar as cores dessa camisa, que representa a bandeira brasileira".

"Ajoelhei na linha de chegada para agradecer a Deus, porque ele foi muito bondoso comigo. Com dois anos, minha pernas eram tortas, eu não tinha condições de andar e o médico achou que, no máximo, eu seria um jogador de dominó. Mas eu consegui ser uma atleta olímpico. Houve um milagre".

"Estava muito preparado para o calor, tanto que nem senti. Foi uma passada de cada vez. Fiz os primeiros 10 km, não estava tão bem, nos 20, pensei: 'meu Deus, como é que vou fazer?' Depois vieram os 30, fiquei mais tranquilo, e falei comigo mesmo: 'cara, estou dentro do recorde. Vamos tentar fazer o recorde brasileiro'. Quando bati o 40 sabia que dava para alcançar esse recorde. Fui animando, o povo foi me levando e pensei: 'agora vamos a décimo'. Passei o australiano, o mexicano, só não deu tempo de passar o francês, aquele cara recordista do mundo.

"Minha carreira só está começando. A brincadeira começou agora. Mas será que o povo brasileiro vai achar o nono lugar um feito? Às vezes falam: 'brasileiro é nono e ainda fica feliz'. Mas eu fui 14 minutos abaixo do meu recorde. É claro que eu queria medalha, fiquei cinco segundos atrás nos 20 km. Ser atleta olímpico é fantástico. Estou muito feliz com essa marca nos 50 km, tanto quanto com o quarto lugar".

"O 50 km da marcha é uma prova de superação e acho que o povo brasileiro me empurrou muito. Tinha uma galera em cada pedaço me incentivando, estava até ficando fácil. Os último dez quilômetros foram os melhores".

lg

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte