Esporte

'Se tivéssemos perdido da Argentina, seria pior', diz Vadão

19/08/2016 18h42

São Paulo, 19 Ago 2016 (AFP) - Perder para a Argentina seria muito pior, afirmou o técnico do Brasil, Vadão, ao analisar a derrota por 2-1 para o Canadá, nesta sexta-feira em São Paulo, pela medalha de bronze do futebol feminino nos Jogos Olímpicos do Rio-2016.

"Se tivéssemos perdido para a Argentina seria muito pior. No Brasil, se tem muito pouco conhecimento do futebol feminino. O Canadá é uma das grande potências. Lá, esse esporte é levado muito a sério. Nem sempre um país de muita tradição tem um bom futebol feminino", assegurou Vadão em coletiva de imprensa.

Deane Rose, aos 25 minutos do primeiro tempo, e Christine Sinclair, aos 7 minutos do segundo tempo, marcaram os gols canadenses na Arena Corinthians, onde as jogadoras mostraram mais ambição para subir no pódio. Já a seleção brasileira continuava anestesiada com a derrota nas semifinais.

Beatriz, aos 33 minutos do segundo tempo marcou para o Brasil, que com o Rio-2016 chegou a três partidas perdidas na disputa pelo bronze e continua sem conquistar o ouro nas seis participações.

"Os Estados Unidos nunca ganharam nada no futebol masculino, mas ganharam absolutamente tudo no feminino. De qualquer forma, é mais suave (a derrota), para o brasileiro isso é melhor do que perder para a Argentina", acrescentou o treinador.

Vadão reconheceu que a seleção chegou na disputa pelo terceiro lugar "com uma carga emocional bastante forte", que se originou na derrota por 4-3 nos pênaltis diante da Suécia, na semifinal no Maracanã, depois de um empate por 0-0 no tempo regular.

"Vínhamos de duas definições por pênaltis (a primeira contra a Austrália nas quartas de final), de duas prorrogações, e o Canadá não passou por isso. Sabíamos de sua força física, seu jogo equilibrado, fizemos as mudanças buscando melhorar, mas o Canadá foi muito mais eficiente e foi merecedor da vitória", afirmou.

O Brasil participou das seis edições do futebol feminino nos Jogos Olímpicos, desde que apareceu pela primeira vez em Atlanta-1996, chegando à semifinal em cinco oportunidades, enquanto em Londres-2012 ficou fora das quatro primeiras colocações.

A seleção brasileira perdeu o bronze em Atlanta para a Noruega e Sydney-2000 para a Alemanha, e conquistou duas medalhas de prata em Atenas-2004 e Pequim-2008.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo