Esporte

Brasil se vinga da Rússia e encara Itália pelo ouro no vôlei masculino

20/08/2016 00h50

Rio de Janeiro, 20 Ago 2016 (AFP) - Na reedição da final de Londres-2012, o Brasil fez sua melhor partida nos Jogos Olímpicos Rio-2016 e se vingou da Rússia ao vencer por 3-0 (25-21, 25-20, 25-17), nesta sexta-feira no Maracanãzinho, o que garantiu vaga na final contra a Itália.

Há quatro anos, o Brasil precisou se contentar com a medalha de prata, derrotado pelos russos em jogo épico e de dolorosa lembrança para os comandados do técnico Bernardinho, que chegaram a abrir 2-0 e tiveram match point no terceiro set, mas sofreram a virada.

A vingança demorou quatro anos para chegar. Com sua melhor atuação na competição, depois de uma primeira fase irregular, com três vitórias e duas derrotas, e um duelo duro nas quartas contra a Argentina (3-1), o Brasil não tomou conhecimento dos russos, liderado pela partida magistral do oposto Wallace, com 12 pontos e 4 bloqueios.

Com a vitória, o Brasil alcança sua quarta decisão olímpica seguida no vôlei masculino, um recorde. Desde que Bernardinho assumiu o comando da equipe, a seleção foi campeã em Atenas 2004 e vice nos Jogos de Pequim-2008 e Londres-2012.

Pelo ouro, o Brasil medirá forças com a Itália, que mais cedo fez jogo duríssimo contra os Estados Unidos, venceu por 3 sets a 2, parciais de 30-28, 26-28, 9-25, 25-22 e 15-9.

O Brasil derrotou a Itália na final de Atenas-2004 e nas semifinais de Pequim-2008 e Londres-2012.

A final e a disputa pela medalha de bronze - entre Estados Unidos e Rússia - acontecerão no próximo domingo, no Maracanãzinho.

- Lesões não incomodam -O Brasil chegou à partida repleto de dúvidas. Primeiro pelas atuações pouco convincentes até então no torneio. Segundo, pelas lesões sofridas por Lucarelli e Lipe no duelo de quartas contra a Argentina.

Os dois jogadores, porém, foram para o sacrifício e se mostraram fundamentais para a vitória do Brasil, que soube abrir vantagem na hora certa para selar o caixão russo nos três sets.

No primeiro, a partida foi de muito equilíbrio até a reta final. Quando o placar apontava 14-14, o Brasil começou a variar o saque, confundindo a linha de passe dos russo. Nos contra-ataques, Wallace se encarregou de colocar a seleção em vantagem com várias cravadas até Lucarelli fechar a parcial em 25-21.

Para o restante da partida, os russos receberam o apoio de uma torcedora ilustre, com a chegada ao Maracanãzinho da bicampeã olímpica do salto com vara Yelena Isinbayeva. Mas nem o apoio da 'czarina' foi suficiente para tirar os russos do buraco.

Os campeões olímpicos em Londres-2012 encontraram muitas dificuldades para lidar com o saque do Brasil durante todo o jogo. Cometendo diversos erros, não conseguiam acompanhar o ritmo brasileiros nos momentos decisivos.

No segundo set, um erro do veterano Tetyukhin, 40 anos de idade, colocou o Brasil à frente no placar (17-16). Alguns minutos depois, Wallace cravava para fechar em 25-20.

O roteiro se repetiu na terceira parcial. Só o que mudou foi o momento do bote brasileiro, que veio mais cedo. Com o apoio da fanática torcida que lotou o Maracanãzinho, Bruno, Serginho e companhia afastaram a possibilidade da repetição do revés de Londres, quando venciam por 2 sets a 0 e levaram a virada dos russos.

Dessa vez, com 10-10 no placar, o Brasil foi implacável, abriu 16-11 e só administrou a vantagem até fechar o jogo em fáceis 25-17, selando a classificação para a final do vôlei para buscar pelo tricampeonato olímpico.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo