Esporte

Argentina vence Uruguai com gol de Messi e assume liderança das eliminatórias

01/09/2016 22h59

Buenos Aires, 2 Set 2016 (AFP) - A Argentina, contando com o gol do craque Lionel Messi, venceu por 1 a 0 o Uruguai, no clássico do Rio da Prata, nesta quinta-feira em Mendoza, e assumiu a liderança das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da Rússia-2018.

O melhor jogador mundo, que havia anunciado que não defenderia mais a seleção de seu país após a frustrante derrota na final da Copa América do Centenário para o Chile, voltou atrás depois de conversar com o novo técnico da equipe, Edgardo Bauza, e fez a diferença.

Contra a forte seleção uruguaia, um gol de Messi aos 42 minutos de jogo, em chute de fora da área que desviou na zaga, deu os importantes três pontos à Argentina, que jogou toda a segunda etapa com um jogador a menos, depois da expulsão do atacante Paulo Dybala.

Com a vitória os argentinos chegaram aos 14 pontos e ultrapassaram o próprio Uruguai (2º), além de Colômbia (3º) e Equador (4º), todos com 13 pontos.

O 5º colocado é o Brasil, que chegou aos 12 pontos ao vencer os equatorianos em Quito por 3 a 0.

O Chile foi a última equipe da ponta da tabela a entrar em campo e desperdiçou chance de permanecer no pelotão de líderes ao ser derrotado pelo Paraguai em Assunção por 2 a 1.

O zagueiro Paulo da Silva e o atacante Óscar Romero, irmão de Ángel, do Corinthians, deram a vitória ao Paraguai, enquanto Arturo Vidal descontou para o Chile.

A vitória deixa o Paraguai vivo na briga pela classificação, com os mesmos 12 pontos do Brasil, mas na 6ª colocação por ter pior saldo de gol (+6 contra +2).

Os chilenos caem três posições e aparecem em 7º com 10 pontos.

- Colômbia vence, Bolívia surpreende -Jogando em Barranquilla, os colombianos contaram com gols de James Rodríguez e Macnelly Torres para superar sem muita dificuldade a Venezuela, que permanece na lanterninha das eliminatórias com apenas 1 ponto somado.

Na primeira partida do dia, a Bolívia venceu por 2 a 0 o Peru, mas segue em posição complicada na competição.

O primeiro gol boliviano foi marcado por Pablo Escobar aos 37 minutos de jogo em lindo chute de fora da área. A três minutos do apito final, o capitão Ronald Raldes selou a vitória dos donos da casa com forte cabeçada.

Os autores dos gols voltaram em grande estilo à seleção da Bolívia, depois de se recusaram e a jogar devido a desavenças com o ex-técnico Júlio César Baldivieso.

O resultado acaba dando ao argentino Angel Guillermo Hoyos uma estreia vencedora no comando da Bolívia. Mesmo assim, a situação ainda é complicadíssima nas eliminatórias com apenas 6 pontos somados e na 8ª colocação.

Já o Peru, com apenas 4 pontos, é o penúltimo colocado e praticamente não tem chances de classificação.

Na próxima rodada, na próxima terça-feira, a Argentina defenderá sua liderança contra a Venezuela em Mérida, enquanto o Uruguai recebe o Paraguai em Montevidéu, o Chile encara a Bolívia em Santiago e o Peru duela em Lima com o Equador. O Brasil encara a Colômbia em Manaus.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo