Esporte

Fifa abre expediente para julgar dirigente do futebol do Catar

06/09/2016 16h22

Zurique, Suíça, 6 Set 2016 (AFP) - A câmara de ética da Fifa confirmou nesta terça-feira a abertura de um expediente contra o vice-presidente da Federação do Catar de Futebol, Saud al-Mohannadi, pedindo suspensão de dois anos e meio por se negar a cooperar com uma investigação contra a corrupção.

O expediente foi enviado nesta terça-feira à câmara de julgamento, órgão interno da Fifa que decidirá se cabe uma punição ao dirigente do Catar.

"Por motivos de privacidade e de presunção de inocência até que seja provado culpado, a comissão de ética não publicará mais detalhes por enquanto", em relação aos atos atribuídos a Al-Mohannadi, declarou a Fifa em comunicado.

Por este motivo, não se sabe se Al-Mohannadi estaria sendo julgado por atos ilícitos relacionados à atribuição do Catar como sede da Copa do Mundo-2022.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo