Esporte

Lochte é suspenso 10 meses por mentir sobre assalto nos Jogos do Rio

08/09/2016 12h55

Los Angeles, 8 Set 2016 (AFP) - O nadador americano Ryan Lochte foi suspenso nesta quinta-feira por dez meses de qualquer competição pelo Comitê Olímpico (USOC) e a Federação de Natação de seu país pelo escândalo de falso testemunho que fez à polícia brasileira sobre um suposto roubo durante os Jogos do Rio.

A suspensão, que terminará em 30 de junho de 2017, impedirá Lochte, de 32 anos, de competir no Campeonato de Natação dos Estados Unidos e no Campeonato Mundial em Budapeste, previstos para o próximo ano.

Em função dessa punição, "Lochte não terá acesso às infraestruturas do comitê olímpico americano ou subvenções do USOC", afirma o comunicado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo