Esporte

Allardyce entra em acordo com Federação e deixa seleção inglesa

27/09/2016 17h08

Londres, 27 Set 2016 (AFP) - Sam Allardyce deixou o cargo de técnico da Inglaterra após entrar em acordo com a Federação Inglesa (FA), nesta terça-feira, depois da divulgação pelo jornal The Daily Telegraph de uma gravação em que o treinador revela como burlar regras sobre transferência de jogadores.

"A FA pode confirmar que Sam Allardyce deixou o cargo de técnico", informou em comunicado a federação, que optou pelo ex-jogador Gareth Southgate, técnico da seleção Sub-21, para treinar a equipe interinamente.

"A conduta de Allardyce, segundo publicações desta terça-feira, foi inapropriada para um técnico inglês. Ele aceitou que cometeu um erro importante de juízo e pediu desculpas", continuou.

"Contudo, devido à gravidade das acusações, a FA e Allardyce chegaram a um acordo para por fim a seu contrato de maneira imediata", concluiu.

The Daily Telegraph publicou nesta terça-feira a gravação realizada por jornalistas, que se fizeram passar de investidores asiáticos em encontro com o treinador.

No vídeo, o técnico aceita viajar a Cingapura e Hong Kong como embaixador da empresa dos empresários fictícios por 400.000 libras (461.000 euros), um uso abusivo de seu cargo.

- Burlar o sistema -Na gravação, Allardyce explica também como burlar a proibição, válida na Inglaterra desde 2008, de propriedade por parte de terceiros dos direitos econômicos de jogadores, no lugar dos clubes, um sistema que acaba tornando os atletas em escravos, como declarou no passado Michel Platini, ex-presidente da Uefa.

'Big Sam', como é chamado Allardyce na Inglaterra, aceitou se reunir com os supostos investidores, que lhe perguntaram se seria um problema para a empresa se envolver na compra de direitos de jogadores.

"Não é um problema. Temos (Enner) Valencia aqui no West Ham. Ele era propriedade de terceiros quando o compramos no México", respondeu, referindo-se ao jogador equatoriano que chegou à Inglaterra oriundo do Pachuca mexicano quando Allardyce era técnico do clube londrino.

Allardyce, 61 anos, substituiu Roy Hodgson em julho após o fracasso na Eurocopa-2016, na qual a Inglaterra foi eliminada nas oitavas de final pela Islândia, e só comandou a equipe em uma única partida, uma vitória por 1 a 0 sobre a Eslováquia.

Durante a conversa, Allardyce zomba de seu predecessor, Roy Hodgson, que considerou "indeciso demais" durante a Eurocopa.

Ele também alfineta a FA, com a qual assinou contrato de dois anos, ao alegar que gastaram 870 milhões de libras (cerca de um bilhão de euros) " de forma estúpida" para reconstruir o estádio de Wembley, que recebe as partidas da seleção.

- Southgate, técnico interino -Allardyce também atribui nas gravações o fracasso da Inglaterra a um "bloqueio psicológico" dos jogadores.

Nem o Príncipe William, presidente honorário da federação, foi poupado. Foi criticado por não ter comparecido à apresentação do logotipo da Euro-2020, na semana passada, em Londres.

O técnico inglês havia assinado em julho um contrato de 3 milhões de libras anuais (3,5 milhões de euros) com a Federação Inglesa até a Copa do Mundo da Rússia-2018. Deixará o cargo somente 67 dias depois de assumir a equipe de seu país.

"O cargo de técnico da seleção é uma posição que precisa mostrar forte liderança e respeito pela integridade do jogo em todos os momentos", lembrou a FA.

O técnico da seleção Sub-21, Gareth Southgate, assumirá o cargo de maneira interina.

Ex-zagueiro do Crystal Palace e do Aston Villa, Southgate, de 46 anos, terá que anunciar sua primeira convocação neste fim de semana para as partidas contra Malta e Eslovênia, válidas pelas eliminatórias para a Copa do Mundo-2018, e seguirá no cargo em novembro, quando a Inglaterra enfrentará Escócia e Espanha e amistoso.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo