Esporte

Dani Alves marca em goleada da Juventus na Champions

27/09/2016 18h19

Zagreb, 27 Set 2016 (AFP) - Sem forçar muito, a Juventus dominou e venceu por 4 a 0 o Dínamo Zagreb, nesta terça-feira na capital croata, com bela atuação dos reforços da equipe de Turim para a nova temporada, incluindo Daniel alves, autor de um dos gols, e assumiu a liderança do grupo H da Liga dos Campeões.

Depois de empatar na estreia na chave em Turim com o Sevilla (0-0), outro clube tido como favorito a garantir uma das vagas nas oitavas de final, a Juve precisava mostrar força contra o Dínamo Zagreb, apontado como o patinho feio do grupo, que conta também com o tradicional Lyon.

Os comandados de Massimilano Allegri, venceram com facilidade e mostraram que o alto investimento na pré-temporada para fortalecer a equipe acabou fazendo a diferença para somar três importantes pontos na Champions.

O meia bósnio Miralem Pjanic, contratado junto à Roma, foi o destaque do primeiro tempo, marcando o primeiro gol aos 24 minutos de jogo, com um toquinho da marca do pênalti.

Aos 31, o meia voltou a fazer a diferença, acertando lançamento primoroso de 30 metros que o argentino Gonzalo Higuaín, que custou 90 milhões de euros à Juve para tirá-lo do Napoli, dominou no peito e tirou do goleiro.

No segundo tempo, o argentino Paulo Dybala, de apenas 22 anos, mas que faz sua terceira temporada na Juve, deu ainda mais tranquilidade ao time de Allegri acertando belo chute de fora da área, aos 12 minutos.

Com a vitória decidida, Allegri optou por poupar Pjanic e Higuaín, substituídos na segunda etapa. Daniel Alves, porém, ficou em campo e o ex-jogador do Barcelona selou a goleada italiana com um cobrança de falta que desviou na barreira antes de entrar, a cinco minutos do fim.

Com resultado, a Juve assume a liderança da chave com os mesmos 4 pontos mas melhor saldo de gol (+4 contra +1) que o Sevilla, que recebeu na Andaluzia o Lyon e venceu por 1 a 0.

O gol da vitória espanhola foi marcado pelo primeiro gol na carreira na Champions do francês Wissam Ben Yedder, aos 7 minutos do segundo tempo.

No Sevilla, o lateral-direito brasileiro Mariano manteve sua condição de titular absoluto da equipe, enquanto o meia Paulo Henrique Ganso ficou no banco e não foi chamado para entrar em campo pelo técnico chileno Jorge Sampaoli.

Na próxima rodada, no dia 18 de outubro, a Juventus tentará manter a liderança da chave fora de casa contra o Lyon, 3º colocado com três pontos, enquanto o Sevilla visita o Dínamo em Zagreb para se manter na cola ou ultrapassar a pentacampeã italiana.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo