Esporte

Brasileiro marca, mas PSG bate Ludogorets de virada na Champions

28/09/2016 18h41

Sófia, 28 Set 2016 (AFP) - Um golaço de falta do lateral brasileiro Natanael deu um tremendo susto no Paris Saint-Germain, mas o atual tetracampeão francês conseguiu reagir com dois gols do uruguaio Edinson Cavani e garantiu a vitória de virada por 3 a 1 sobre o Ludogorets, nesta quarta-feira, pela segunda rodada do grupo A da Liga dos Campeões.

O time parisiense assumiu a liderança da chave, com os mesmos quatro pontos do Arsenal, que superou o Basel em casa por 2 a 0, com dois gols do atacante Theo Walcott.

Na Bulgária, o PSG mostrou muita fragilidade defensiva, diante de um azarão eficiente nos contra-ataques.

A atuação da dupla de zaga formada por Thiago Silva e Marquinhos foi preocupante, até porque ambos foram convocados por Tite para defender a seleção brasileira nas partidas de outubro, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

No total, o time parisiense entrou em campo com cinco brasileiros, já que Maxwell também foi escalado como titular, assim como Lucas e Thiago Motta (naturalizado italiano).

O Ludogorets também tinha vários representantes do Brasil, só que bem menos conhecidos. Quatro participaram da partida: Natanael na lateral-esquerda, Wanderson na ponta direita, Marcelinho no meio e Jonathan Cafu no ataque.

- Assistência de Lucas -O pequeno time búlgaro saiu na frente aos 16 minutos de jogo, quando Natanael aproveitou falha de posicionamento da barreira e não perdoou, com cobrança de falta perfeita, no cantinho, após Cafu ser derrubado por Thiago Motta perto da área.

O volante Blaise Matuidi empatou aos 41, após receber ótimo passe de três dedos do italiano Verratti.

Cavani fez 2 a 1 de cabeça, aos 10 do segundo tempo, em cobrança de falta certeira do argentino Di María, mas o PSG ainda levou outro susto.

Aos 13, Thiago Motta cometeu pênalti ao se jogar de forma bizarra para derrubar Marcelinho e Moti foi para a cobrança, mas o goleiro Areola defendeu.

O castigo veio dois minutos depois, com 'El Matador' Cavani selando o resultado, ao receber cruzamento certeiro de Lucas.

A vitória deixou os parisienses na liderança, mas a atuação pouco convincente não diminuiu a pressão sobre o técnico Unai Emery, muito criticado depois da derrota de sexta-feira para o Toulouse (2-0), a segunda da temporada na Ligue 1.

Em Londres, o Arsenal vinha embalado com a vitória por 3 a 0 sobre o Chelsea, e venceu com tranquilidade, depois de obter o empate valioso diante do PSG (1-1) na estreia, no Parque dos Príncipes.

Como aconteceu no sábado, no clássico londrino, os gols da partida saíram muito cedo. Theo Walcott, que já havia deixado sua marca contra os 'Blues', balançou as redes duas vezes, aos 7 e aos 26 minutos de jogo.

Os dois gols tiveram participação decisiva de Alexis Sánchez. No primeiro, o chileno cruzou na medida para o inglês cabecear, e o segundo saiu depois de uma linda tabelinha entre os dois.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo