Esporte

United vence sem convencer na Liga Europa ; Inter afunda

29/09/2016 18h50

Paris, 29 Set 2016 (AFP) - Mesmo com seus craques em campo, o Manchester United só conseguiu vencer pelo placar mínimo o modesto Zorya Lugansk, da Ucrânia, nesta quinta-feira, na Liga Europa, enquanto a Inter de Milão sofreu derrota contundente por 3 a 1 para o Sparta Praga, na República Tcheca.

Sob pressão depois da derrota por 1 a 0 na estreia contra o Feyenoord, na Holanda, os comandados de José Mourinho esbarraram por muito tempo no bloco defensivo do time ucraniano e só garantiram os três pontos com gol estranho de Zlatan Ibrahimovic.

Foi preciso esperar 69 minutos de bola rolando para ver o astro sueco balançar as redes.

Paul Pogba cruzou para a área e Wayne Rooney, que acabava de entrar em campo, pegou de primeira, meio sem jeito, mas a bola desviou na zaga e Ibra aproveitou a sobra para cabecear na pequena área.

Com o resultado, os 'Red Devils' dividem a vice-liderança do grupo A com o Feyenoord, derrotado por 1 a 0 pelo Fenerbahçe, na Turquia.

O clube de Istambul venceu com o gol do nigeriano Emenike e assumiu a liderança, com quatro pontos.

- Fiorentina e Roma goleiam -O lanterninha Zarya Lugansk continua sem pontuar na competição, mas não é o único.

Por incrível que pareça, a tradicional Inter de Milão, dona de três títulos da Liga dos Campeões e outros três da Copa da Uefa, versão antiga da Liga Europa, também se encontra nesta situação pouco invejável.

Em Praga, o time milanês, que estreou com derrota por 2 a 0 para o modesto Hapoel Beer Sheva, de Israel jogou com time misto, sem os brasileiros Miranda e Gabigol, mas com Felipe Melo e Éder (naturalizado italiano) entre os titulares.

O Sparta abriu logo vantagem de 2 a 0, com dois gols de Kadlec, aos 7 e aos 25 minutos de jogo.

O argentino Icardi, artilheiro isolado da Série A italiana, só entrou aos 25 do segundo tempo. Na sua primeira bola, iniciou a jogada do gol de honra "nerazzurro", marcado pelo compatriota Palacio, que recebeu passe de Éder.

A reação foi apenas fogo de palha. Aos 30, Ranocchia foi expulso por levar o segundo cartão amarelo na partida, e Holek fez 3 a 1 para os tchecos de cabeça, na cobrança de falta que seguiu a volta.

A única boa notícia para a Inter foi o empate sem gols do Hapoel com o Southampton, que deixou a chave embolada, com esses dois times somando quatro pontos, e o Sparta, com três.

O Sassuolo também decepcionou, com derrota por 3 a 1 para o Genk, na Bélgica, mas os outros dois times italianos não decepcionaram: Fiorentina e Roma golearam Qarabag (5-1) e Astra Giurgiu (4-0), respectivamente.

- Giuliano marca antes das eliminatórias -O Nice, atual líder do Campeonato Francês, contou com o retorno de Mario Balotelli, que perdeu a última rodada da Ligue 1 por lesão.

O atacante italiano deixou sua marca, mas o que se viu Kuban Stadium de Krasnodar foi um show brasileiro, com Joãozinho e Ari anotando dois gols cada na vitória arrasadora do time da casa.

Escalado apesar de sofrer com febre por causa de um vírus desde o início da semana, Balotelli marcou seu primeiro gol em competições europeias com o Nice aos 42 minutos de jogo, mas foi substituído no intervalo.

Os atacantes brasileiros do Krasnodar brilharam, mas não foi o caso do zagueiro Dante, recém-contratado pelo Nice, que teve péssima atuação, com direito à falha grotesca no segundo gol sofrido por sua equipe, marcado por Joãozinho.

O clube russo lidera o grupo I, com os mesmos seis pontos do favorito Schalke 04, que também manteve 100% de aproveitamento, ao derrotar o Red Bull Salzburg por 3 a 1. Nice e Salzburg continuam zerados.

Com Alexandre Pato titular, o Villarreal teve de se contentar com empate em 1 a 1 com o Steaua Bucareste, na Romênia.

O time romeno também jogou com um brasileiro, o meia William Amorim, que quase afundou o "submarino amarelo" no segundo tempo, mas acertou o travessão.

Pato passou em branco, mas Giuliano, convocado por Tite para os jogos da seleção brasileira contra Bolívia e Venezuela, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, deixou dua marca na goleada de 5 a 0 do Zenit São Petersburgo sobre o Az Alkmaar, da Holanda.

O Gent, da Bélgica, que surpreendeu a todos na temporada passada ao chegar às oitavas de final da Liga dos Campões, superou o por 2 a 0 o Konyaspor, da Turquia, com gol do também brasileiro Renato Neto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo