Esporte

Monaco massacra Metz com gols brasileiros e dorme na liderança

01/10/2016 20h02

Metz, França, 1 Out 2016 (AFP) - Com gols dos brasileiros Fabinho e Boschilia, o Monaco assumiu a liderança provisória ao atropelar o recém-promovido Metz (7º) de forma impiedosa por 7 a 0, neste sábado, pela oitava rodada da Ligue 1.

O time do Principado chegou aos 19 pontos, dois de vantagem sobre o vizinho Nice (2º), que poderá voltar à ponta no domingo, se vencer o vice-lanterna Lorient em casa.

O Monaco também manteve a distância o atual tetracampeão Paris Saint-Germain, que subiu para a terceira posição, com 16 pontos, ao derrotar o Bordeaux (5º) por 2 a 0, com dois gols do uruguaio Edinson Cavani, artilheiro isolado do campeonato, com oito.

No estádio Saint-Symphorien, a torcida do Metz, que vinha empolgada pelo bom início de temporada no retorno da elite, viu o time levar uma surra histórica.

O primeiro gol do Monaco saiu com apenas sete minutos de bola rolando. O jovem atacante Thomas Lemar, de apenas 20 anos, anotou seu terceiro gol no campeonato ao aproveitar falha do goleiro Didillon, que bateu cabeça com um zagueiro.

Valère Germain ampliou aos 23, com chute seco da entrada da área, e o português Bernardo Silva fez 3 a 0 aos 39, ao pegar a sobra de um cruzamento que o argentino Guido Carillo deixou passar no meio das pernas para enganar a defesa.

A situação do Metz ficou ainda mais desesperadora aos 15 do segundo tempo, com a expulsão de Cheick Doukouré.

Fabinho deixou o dele aos 23, ao converter o pênalti sofrido por Germain, derrubado na área por Cohade.

Não convocado para a seleção brasileira para os duelos com Bolívia e Venezuela pelas eliminatórias da Copa do Mundo, o lateral já marcou quatro gols nesta edição da Ligue 1, três deles em penalidades máximas.

Carillo fez 5 a 0 aos 27 com um golaço, ao dominar no peito com categoria antes de tocar na saída do goleiro.

O argentino repetiu a dose aos 38, ao pegar a sobra de uma jogada iniciada por Boschilia, que acabava de entrar em campo.

O atacante revelado no São Paulo fechou a goleada aos 44, com toque sutil por cima do goleiro.

"Foi a maior vitória da história do Monaco fora de casa no Campeonato Francês. Com o 3 a 0 no intervalo, o jogo já tinha terminado. O Metz tentou fazer um gol, mas não deixamos espaços", vibrou o técnico do Monaco, o português Leonardo Jardim.

Em outra partida disputada neste sábado, o Lille (18º) acabou com uma série de cinco partidas sem vitória ao superar o lanterninha Nancy por 1 a 0, com um gol de Éder, herói do título da seleção portuguesa na Eurocopa.

Já o Nantes (16º) deixou a zona de rebaixamento ao superar o Bastia (11º), também pelo placar mínimo.

- PSG volta a vencer no retorno dos 'ultras' -Mais cedo, no Parque dos Príncipes, o PSG teve o 'reforço' de peso para espantar a má fase: os cantos de membros de torcidas organizadas banidos desde 2010, mas liberados pela polícia para retornar ao estádio na sexta-feira.

Eram apenas cerca de 200 'ultras' presentes, sem faixas, mas com fervor suficiente para empurrar Cavani e companhia para a vitória, depois da derrota por 2 a 0 da semana passada, diante do Toulouse (4º).

O uruguaio precisou de apenas três minutos de bola rolando para abrir o marcador de cabeça, em cruzamento do argentino Angel Di María, bem lançando na esquerda por Layvin Kurzawa.

'El Matador' ampliou logo aos 30, com golaço de letra, em cruzamento de Kurzawa, que foi um dos melhores em campo e vem se firmando como lateral esquerdo titular da seleção francesa.

O francês de 24 anos jogou ao lado da dupla de zaga formada Thiago Silva e Marquinhos, ambos convocados para defender a seleção brasileira nas eliminatórias.

Além do retorno da torcida 'ultra', houve outra novidade no Parque dos Príncipes: afastado nas últimas cinco partidas do PSG, o meia Ben Arfa entrou a dez minutos do fim, substituindo o brasileiro Lucas.

Ambos foram ovacionados pelo público, que voltou a vibrar como antes, ao som de "aqui é Paris" entoado pelos torcedores mais fanáticos, que também cantara, "Liberdade para os ultras".

No domingo, haverá outra partida envolvendo torcidas apaixonadas, o clássico regional entre Lyon (10º) e Saint-Etienne (8º).

-Resultados da oitava rodada do Campeonato Francês:

- Sexta-feira:

Rennes - Guingamp 1 - 0

- Sábado:

Paris SG - Bordeaux 2 - 0

Nantes - Bastia 1 - 0

Metz - Monaco 0 - 7

Lille - Nancy 1 - 0

Dijon - Montpellier 3 - 3

Caen - Toulouse 1 - 0

- Domingo:

(10h00) Angers - Olympique de Marselha

(12h00) Nice - Lorient

(15h45) Lyon - Saint-Etienne

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Monaco 19 8 6 1 1 22 9 13

2. Nice 17 7 5 2 0 12 4 8

3. Paris SG 16 8 5 1 2 17 6 11

4. Toulouse 14 8 4 2 2 11 6 5

5. Bordeaux 13 8 4 1 3 11 10 1

6. Rennes 13 8 4 1 3 9 10 -1

7. Metz 13 8 4 1 3 9 15 -6

8. Saint-Etienne 12 7 3 3 1 10 6 4

9. Guingamp 11 8 3 2 3 9 8 1

10. Lyon 10 7 3 1 3 13 9 4

11. Bastia 10 8 3 1 4 6 6 0

12. Caen 10 8 3 1 4 7 14 -7

13. Angers 9 7 3 0 4 7 8 -1

14. Olympique de Marselha 8 7 2 2 3 9 9 0

15. Dijon 8 8 2 2 4 11 13 -2

16. Nantes 8 8 2 2 4 4 8 -4

17. Montpellier 7 8 1 4 3 9 15 -6

18. Lille 7 8 2 1 5 8 14 -6

19. Lorient 6 7 2 0 5 4 11 -7

20. Nancy 5 8 1 2 5 3 10 -7

./bds/lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo