Esporte

Barça volta a tropeçar em Vigo e perde chance de assumir a ponta

02/10/2016 18h41

Madri, 2 Out 2016 (AFP) - Um ano depois de ser goleado por 4 a 1, o Barcelona (4º) voltou a sofrer uma dura derrota no estádio Balaidos, ao perder por 4 a 3 para o Celta de Vigo (10º), neste domingo, um resultado que deixou o Atlético de Madri na liderança.

A sétima rodada da Liga Espanhola viu os dois 'gigantes' tropeçar. Pouco antes do revés catalão, o Real Madrid não conseguiu se impor em casa diante do modesto Eibar (1-1), o quatro empate seguido dos comandados de Zinedine Zidane.

Esses resultados beneficiaram os Atlético, que obteve uma valiosa vitória por 2 a 0 sobre o Valencia, que poderia ter perdido de goleada se o brasileiro Diego Alves não tivesse defendido dois pênaltis.

O time 'colchonero' lidera o campeonato com os mesmos 15 pontos do Real Madrid, levando a melhor sobre os 'merengues' no saldo de gols (12 contra o 9).

Já o atual campeão Barcelona ficou apenas em quarto, com 13 pontos, um a menos que o Sevilla (3º), que no sábado superou o Alavés (12º) por 2 a 1, com um passe genial de Paulo Henrique Ganso no primeiro gol andaluz.

Revelado no Santos junto com Ganso, Neymar deixou sua marca na Galícia, ao converter um pênalti, mas não foi suficiente para evitar a derrota catalã.

"Queríamos ter assumido a liderança hoje, e fazê-lo de forma contundente, mas vamos nos levantar e lutar para ganhar a próxima partida", avisou o técnico Luis Enrique, que conhece muito bem o Celta, por tê-lo comandado na temporada 2013-2014, antes de assumir o Barça.

Foi a terceira partida sem o argentino Lionel Messi, lesionado, que fez muita falta neste domingo. Contra o Sporting Gijón (5-0) e Borussia Moenchengladbach (2-1), os catalães conseguiram se impor, mas desta vez a defesa vacilou, levando três gols em 11 minutos no primeiro tempo.

Pione Sisto abriu o placar aos 22, Iago Aspas ampliou aos 31 e Jérémy Mathieu anotou contra o terceiro gol do time da casa dois minutos depois.

Tudo apontava para mais uma goleada, como no dia 23 de setembro de 2015, mas o Barça esboçou uma reação no segundo tempo.

Piqué descontou de cabeça aos 13 e Neymar descontou de pênalti, anotando seu quarto gol no campeonato, dois a menos que o francês Antoine Griezmann, do Atlético.

Quando parecia que os visitantes iriam conseguir virar o jogo, o goleiro Ter Stegen cometeu uma falha monumental, ao chutar em cima de Pablo Hernández após recuo de Jordi Alba. A bola atingiu o meia em cheio e voltou para morrer nas redes.

"Se eu não tivesse falhado nesse lance, teríamos uma boa oportunidade de ganhar. Sinto muito", lamentou o goleiro.

Piqué voltou a marcar de cabeça a três minutos do fim, mas já era tarde demais para evitar a segunda derrota do Barça no campeonato.

- 'Empatite' no Real -

Mais cedo, o Real entrou em campo muito desfalcado, sem Marcelo, Casemiro, Modric e James Rodríguez, todos lesionados. James chegou até a ser escalado para o jogo, mas se machucou no aquecimento e foi substituído de última hora pelo croata Kovacic.

Revelado nas categorias de base do Real, Fran Rico abriu o placar de cabeça para o Eibar logo aos 6 minutos de jogo, após receber cruzamento de Capa.

O galês Gareth Bale respondeu na mesma moeda aos 17, em cruzamento de Cristiano Ronaldo.

O Eibar poderia até ter anotado o segundo dois minutos depois, quando Pedro León, outro ex-jogador do Real, obrigou o goleiro Navas a fazer uma grande defesa.

CR7 e Bale tiveram chances de virar o jogo, mas não conseguiram colocar a bola para dentro.

O Real continua invicto nesta temporada, mas soma o terceiro empate seguido na Liga Espanhola, depois dos duelos com Villarreal (1-1) e Las Palmas (2-2), aos quais se somam o 2-2 diante do Borussia Dortmund, na última terça-feira, na Liga dos Campeões.

"É óbvio que não estou satisfeito, é o nosso terceiro resultado medíocre na Liga. Temos que ter mais intensidade no início das partidas. Falta intensidade e agressividade nos duelos", lamentou Zidane.

"Ainda é o mês de outubro, não vamos exagerar. Não estamos em crise", ponderou.

- Diego Alves pega 2 pênaltis -

Mais cedo, o Atlético assumiu o ponta apesar da façanha histórica do goleiro brasileiro Diego Alves.

Ao pegar as cobranças do francês Antoine Griezmann e do capitão 'colchonero' Gabi, o brasileiro chegou à marca incrível de 19 defesas em 41 pênaltis, um recorde.

"Isso não muda nada para mim. Se eu pegar um pênalti e ajudar a equipe, fico feliz, mas se não for o caso, é uma pena", lamentou o goleiro.

No estádio de Mestalla, o time 'che', que vinha de duas vitórias nas últimas duas rodadas, jogou sob o olhar do técnico italiano Cesare Prandelli, que assumirá o comando oficialmente na segunda-feira e assistiu à partida da arquibancada.

Aos 43 minutos de jogo, o português Nani empurrou o argentino Correa na área e o juiz apitou o primeiro pênalti da partida.

Griezmann foi para a cobrança e Diego Alves fez uma defesa espetacular de mão trocada.

O francês já havia desperdiçado uma cobrança na última quarta-feira, ao acertar o travessão na vitória por 1 a 0 sobre o Bayern de Munique, na Liga dos Campeões.

Desta vez, o pênalti perdido tampouco teve consequência. Griezmann se redimiu aos 18 da etapa final, ao fuzilar o goleiro brasileiro após receber ótimo passe de Fernando Torres, que acabava de entrar.

Cinco minutos depois, o juiz marcou mais um pênalti, sofrido justamente por Griezmann, que preferiu deixar o capitão Gabi cobrar. O resultado foi o mesmo. O chute saiu fraco e Diego Alves escolheu o canto certo para fazer a defesa.

- Villarreal e Athletic tropeçam -

Revigorado pelas façanhas do brasileiro, o Valencia pressionou até o fim para buscar o empate, mas o Atlético acabou com o suspense nos acréscimos, com um gol do seu outro atacante francês, Kevin Gameiro.

"Se o jogo tivesse terminado empatado, 90% do crédito do Valencia seria de Diego Alves", resumiu o técnico 'colchonero', seu 'xará' Diego Simeone.

Apesar do elogios, o brasileiro de 31 anos não foi convocado por Tite para defender a seleção nas partidas contra Bolívia e Venezuela, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Em outra partida disputada neste domingo, o Villarreal (5º, com 13 pontos) desperdiçou a oportunidade de se igualar aos líderes ao empatar sem gols no campo do Espanyol (18º).

Já o Athletic Bilbao (6º, com 12) também foi frustrado na sua tentativa se se aproximar da ponta ao perder de virada por 2 a 1 no campo do Málaga (13º), sofrendo dois gols em dois minutos no final da partida.

Resultados da 7ª rodada do Campeonato Espanhol

- Sexta-feira:

Real Sociedad - Betis 1 - 0

- Sábado:

Granada - Leganés 0 - 1

Sevilla - Alavés 2 - 1

Osasuna - Las Palmas 2 - 2

Deportivo La Coruña - Sporting 2 - 1

- Domingo:

Valencia - Atlético de Madri 0 - 2

Real Madrid - Eibar 1 - 1

Espanyol - Villarreal 0 - 0

Málaga - Athletic Bilbao 2 - 1

Celta Vigo - Barcelona 4 - 3

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Atlético de Madri 15 7 4 3 0 14 2 12

2. Real Madrid 15 7 4 3 0 16 7 9

3. Sevilla 14 7 4 2 1 13 10 3

4. Barcelona 13 7 4 1 2 22 10 12

5. Villarreal 13 7 3 4 0 9 4 5

6. Athletic Bilbao 12 7 4 0 3 10 8 2

7. Las Palmas 11 7 3 2 2 16 13 3

8. Eibar 11 7 3 2 2 9 7 2

9. Real Sociedad 10 7 3 1 3 9 9 0

10. Celta Vigo 10 7 3 1 3 9 11 -2

11. Leganés 10 7 3 1 3 7 10 -3

12. Alavés 9 7 2 3 2 8 7 1

13. Deportivo La Coruña 8 7 2 2 3 5 6 -1

14. Málaga 8 7 2 2 3 7 9 -2

15. Betis 8 7 2 2 3 8 12 -4

16. Sporting 7 7 2 1 4 6 16 -10

17. Valencia 6 7 2 0 5 9 14 -5

. Espanyol 6 7 1 3 3 9 14 -5

19. Osasuna 3 7 0 3 4 7 15 -8

20. Granada 2 7 0 2 5 7 16 -9

./bds/lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo