Esporte

De Jules Rimet ao projeto '48 equipes', veja as mudanças na Copa do Mundo

12/10/2016 13h17

Zurique, Suíça, 12 Out 2016 (AFP) - Disputada pela primeira vez em 1930, no Uruguai, a Copa do Mundo viu seu formato evoluir constantemente ao longo dos anos e das mudanças do comando à frente da Fifa.

Eleito em fevereiro, no lugar de Joseph Blatter, o presidente atual, Gianni Infantino, defende o projeto de ampliar o formato atual, com 32 seleções, para 48 participantes.

- 1928: Sob impulso de Jules Rimet, então presidente da Fifa, é criada a primeira Copa do Mundo de futebol. Até então, o único torneio internacional de futebol que reúne seleções de vários continentes é a Olimpíada.

- 1930: A primeira Copa é disputada no Uruguai. Ela reúne 13 seleções, entre elas quatro europeias (Bélgica, França, Romênia e Iugoslávia) e sete sul-americanas, inclusive o Brasil, único país presente em todas as edições. O anfitrião Uruguai, bicampeão olímpico, derrota a Argentina na final (4-2) e se torna o primeiro campeão mundial da história.

- 1934: Para a segunda edição, na Itália, a Copa passa a ter 16 seleções. Com o regime fascista de Mussolini no poder desde 1922, a 'Nazionale' foi recebeu um forte apoio popular e derrotou a Checoslováquia por 2 a 1 na decisão. Pela primeira vez, foi preciso disputar eliminatórias para se classificar, com 32 equipes disputando as 16 vagas.

- 1938: A Itália conquista o bicampeonato na França. Apenas 15 equipes participam do torneio, por causa da desistência da Áustria, que acaba de ser anexada pela Alemanha nazista.

- 1950: Depois de 12 anos de espera por causa da segunda guerra mundial, a quarta Copa do Mundo é organizada no Brasil, com 13 seleções. É a única edição sem final com jogo único. O título é decido em um quadrangular final com Brasil, Uruguai, Suécia e Espanha. No jogo decisivo, contra os uruguaios, a seleção brasileira perde de virada por 2 a 1 no Maracanã lotado. É o Maracanazo, um dos maiores traumas da história do esporte no país.

- 1954: Disputado na Suíça, o torneio volta a ter 16 equipes e a Alemanha Ocidental conquista o primeiro dos seus quatro títulos mundiais, ao surpreender na decisão a grande Hungria de Puskas, para a qual tinha perdido pro 8 a 3 na fase de grupos.

- 1958: Na Suécia, o mundo se encantou com um novo fenômeno, Pelé, que esbanjou talento para dar ao Brasil o primeiro dos seus cinco troféus na competição. O francês Just Fontaine é o artilheiro do torneio, com 13 gols marcados, um recorde que dificilmente será batido.

- 1970: Craque consagrado, o Rei Pelé conquista o tri, o que dá ao Brasil o direito de levar para casa o troféu Jules Rimet. No México, o Mundial tem várias novidades, com a aparição dos cartões amarelo e vermelho e das substituições (duas por jogo). É a primeira vez que a competição é transmitida a cores na televisão.

- 1982: À beira da falência, a Fifa precisa aumentar sua renda e inicia uma pequena revolução ao aumentar o número de participantes de 16 para 24, com um total de 52 partidas disputadas, na Espanha. É a última edição com duas fase de grupos. A Itália de Paolo Rossi, que acabou com o sonho da geração de craques brasileiros como Sócrates, Zico e Falcão nas quartas de final, derrotou a Alemanha Ocidental por 3 a 1 na decisão.

- 1986: No México, a Argentina conquista seu segundo título com o gol do século e a mão de Deus de Maradona, na edição que marcou o retorno definitivo do formato com oitavas e quartas de final.

- 1994: A expansão do futebol passa por uma edição nos Estados Unidos, onde o 'Soccer' é longe de ser o esporte de massa de outros países. As eliminatórias são disputadas por 147 seleções nacionais e a África obtém três vagas no torneio.

- 1998: Na França, o torneio adota seu formato atual, com 32 equipes. As eliminatórias reúnem 174 países. O Brasil amarga o vice-campeonato, ao perder a final para a França de Zidane (3-0).

- 2002: Pela primeira vez, a Copa do Mundo é disputada em dois países, a Coreia do Sul e o Japão. O Brasil conquista o pentacampeonato, ao derrotar a Alemanha por 2 a 0, e é até hoje o país com o maior número de títulos na competição.

- 2010: É a primeira Copa disputada no continente africano, cumprindo uma promessa de campanha de Joseph Blatter, que assumiu a presidência da Fifa em 1998. Na África do Sul, a Espanha é campeã mundial pela primeira vez, com vitória por 1 a 0 na prorrogação sobre a Holanda.

- 2022: Para evitar o calor do verão catariano, a Copa do Mundo será disputada pela primeira vez no final do ano, de 21 de novembro a 18 de dezembro de 2022.

- 2026: Gianni Infantino defende um projeto de Mundial com 48 seleções a partir de 2026, com 32 delas disputando uma fase preliminar de mata-mata, antes da disputa com o formato atual, com 32 equipes. Uma outra proposta com 40 equipes também está em pauta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo