Esporte

Favoritos goleiam e Atlético se mantém na ponta

15/10/2016 19h10

Madri, 15 Out 2016 (AFP) - O Atlético de Madri se manteve na liderança da Liga Espanhola ao massacrar o lanterninha Granada por 7 a 1, neste sábado, enquanto Real Madrid e Barcelona também venceram de goleada, atropelando Betis (6-1) e Deportivo La Coruña (4-0), respectivamente.

A oitava rodada da competição começou com uma chuva de gols, uma média de seis por jogo em quatro partidas, e marcou o retorno de Lionel Messi e Marcelo, que ficaram três semanas afastados por lesão.

Messi começou no banco, mas anotou o quarto gol do Barça, após receber um passe açucarado de Neymar.

Já Marcelo foi titular do Real, usou a braçadeira de capitão, como o argentino, e também deixou sua marca no triunfo dos 'merengues', que acabaram com uma série de quatro empates seguidos.

Quem roubou a cena, porém, foi o belga Yannick Carrasco, autor de três gols para comandar a virada espetacular do Atlético diante do Granada.

A goleada com placar de Brasil-Alemanha ajudou os 'colchoneros' a se manter na ponta, com os mesmos 18 pontos do Real, mas um saldo superior (18 contra 14).

O Sevilla ficou logo atrás, com 17 pontos, graças à vitória por 3 a 2 no campo do recém-promovido Leganes (11º), encerrando um jejum de 22 jogos sem vencer fora de casa na competição graças a um golaço marcado por Sarabia a cinco minutos do fim.

Já o atual campeão Barcelona ficou em terceiro, com 16 pontos, depois de se redimir diante do Depor da derrota que sofreu para outro time da Galícia, o Celta de Vigo (4-3), na última rodada.

- Messi volta e Neymar continua brilhando -Os comandados de Luis Enrique ganharam confiança antes do reencontro com o Josep Guardiola, técnico da era dourada de 2008 a 2012, que volta ao Camp Nou com o Manchester City, na quarta-feira.

Para não correr risco de recaída logo no retorno, Messi foi poupado e começou no banco. O camisa 10 só entrou aos 10 do segundo tempo, no lugar de Busquets, mas precisou de apenas três minutos para encontrar o caminho das redes, em linda enfiada de bola de Neymar.

Antes da entrada do argentino, o destaque ficou por conta dos brasileiros do Barça.

Campeão olímpico junto com Neymar nos Jogos do Rio, Rafinha marcou os dois primeiros gols da partida.

Aos 21 minutos de jogo, o meia de 23 anos recuperou a bola perto da área adversária tabelou com o uruguaio Luis Suárez e chutou forte, praticamente sem ângulo, aproveitando falha do goleiro Lux.

Aos 36, Rafinha pegou a sobra de um cabeceio do zagueiro Piqué, em cobrança de falta de Neymar.

'Garçom' de luxo, 'Ney' voltou a se destacar aos 43, com lindo passe de trivela para Suárez fazer 3 a 0, anotando seu sexto gol no campeonato, para igualar o francês Griezmann na artilharia.

O placar poderia ter sido ainda mais elástico, porque os catalães acertaram a trave três vezes e jogaram com um a mais durante quase meia hora, depois da expulsão de Laure, por uma cotovelada em Neymar.

- Carrasco faz jus ao sobrenome -No estádio Vicente Calderón, o Atlético entrou em campo precisando da vitória para recuperar a liderança e passar novamente à frente do Sevilla.

O time 'colchonero' foi surpreendido por um golaço no ângulo de Isaac Cuenca, aos 18 anos, mas reagiu de forma arrasadora, buscando a virada em grande estilo.

"Os adversários começaram bem, fizeram um belo gol, mas nossa reação foi extraordinária. No final do primeiro tempo, sentimos que poderíamos melhorar ao buscar mais profundidade", analisou o técnico 'colchonero' Diego Simeone.

Carrasco empatou aos 34, ao pegar a sobra de uma bola mal afastada pela defesa, e fez 2 a 1 para os 'colchoneros' nos acréscimos da primeira etapa, com um chute desviado que enganou o goleiro.

O belga completou o 'Hat Trick' aos 16, confirmando a grande fase, depois de anotar o gol da vitória sobre o Bayern de Munique (1-0), no dia 28 de setembro, pela Liga dos Campeões.

Os três gols seguintes foram marcados por argentinos, com dois de Nico Gaitan, aos 18 e aos 36, e outro de Angel Correa, aos 40. Para completar o massacre, o português Tiago fechou a goleada de cabeça, aos 42.

- Real acaba com empate -Depois de uma goleada como essa ficou difícil para o Real sonhar com a liderança logo neste sábado: era preciso vencer o Betis fora de casa por dez gols de diferença.

Não foi possível, mas o técnico Zinedine Zidane se 'contentou' amplamente com a vitória por 6 a 1, que veio depois de uma série incômoda de quatro empates.

"Depois de quatro empates, três deles no campeonato nacional, precisávamos de um jogo como esses. Colocamos a intensidade necessária no jogo", comemorou o técnico do Real, Zinedine Zidane.

Marcelo começou jogando logo de cara e usou a braçadeira de capitão no lugar de Sergio Ramos, que se lesionou com a seleção espanhola.

Quem abriu o placar foi justamente o substituto de Ramos na zaga, o francês Raphael Varane, com cabeceio certeiro aos 4 minutos de jogo.

O também francês Karim Benzema ampliou aos 31, após receber um passe açucarado do alemão Toni Kroos, que acaba de renovar seu contrato até 2022.

Marcelo deixou sua marca aos 39. O lateral-esquerdo pegou a sobra de um chute de Benzema, no limite do impedimento, dominou no peito e emendou com um chute cruzado, sem chances para o goleiro Adán.

Isco fez 4 a 0 nos acréscimos da primeira etapa, na conclusão de um contra-ataque espetacular, com participação inclusive do brasileiro naturalizado português Pepe, que não hesitou a se projetar para frente para dar o último passe.

O Betis descontou aos 10 do segundo tempo, com gol de Cejudo, que entrou no intervalo, mas Isco voltou a balançar as redes ao 17, com um lindo chute no ângulo.

Faltava o gol de Cristiano Ronaldo, que acabou saindo aos 33. O três vezes melhor do mundo recebeu ótimo passe de Morata, arrancou pela esquerda e acertou um chute seco no cantinho.

-- Resultados da 8ª rodada do Campeonato Espanhol

- Sexta-feira:

Las Palmas - Espanyol 0 - 0

- Sábado:

Leganés - Sevilla 2 - 3

Barcelona - Deportivo La Coruña 4 - 0

Atlético de Madri - Granada 7 - 1

Betis - Real Madrid 1 - 6

- Domingo:

(08h00) Alavés - Málaga

(12h15) Athletic Bilbao - Real Sociedad

(14h30) Sporting - Valencia

(16h45) Villarreal - Celta Vigo

- Segunda-feira:

(16h45) Eibar - Osasuna

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Atlético de Madri 18 8 5 3 0 21 3 18

2. Real Madrid 18 8 5 3 0 22 8 14

3. Sevilla 17 8 5 2 1 16 12 4

4. Barcelona 16 8 5 1 2 26 10 16

5. Villarreal 13 7 3 4 0 9 4 5

6. Las Palmas 12 8 3 3 2 16 13 3

7. Athletic Bilbao 12 7 4 0 3 10 8 2

8. Eibar 11 7 3 2 2 9 7 2

9. Real Sociedad 10 7 3 1 3 9 9 0

10. Celta Vigo 10 7 3 1 3 9 11 -2

11. Leganés 10 8 3 1 4 9 13 -4

12. Alavés 9 7 2 3 2 8 7 1

13. Málaga 8 7 2 2 3 7 9 -2

14. Deportivo La Coruña 8 8 2 2 4 5 10 -5

15. Betis 8 8 2 2 4 9 18 -9

16. Espanyol 7 8 1 4 3 9 14 -5

17. Sporting 7 7 2 1 4 6 16 -10

18. Valencia 6 7 2 0 5 9 14 -5

19. Osasuna 3 7 0 3 4 7 15 -8

20. Granada 2 8 0 2 6 8 23 -15.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo