Esporte

Carrasco castiga de novo e Atlético mantém 100% na Champions

19/10/2016 19h15

Rostov do Don, Rússia, 19 Out 2016 (AFP) - Com mais um gol do belga Yannick Carrasco, o Atlético de Madri obteve nesta quarta-feira sua terceira vitória em três jogos no grupo D da Liga dos Campeões ao derrotar o Rostov fora de casa por 1 a 0, ficando muito perto da classificação para as oitavas de final.

Com o resultado, o atual vice-campeão europeu continua isolado na liderança, com nove pontos, três de vantagem sobre o Bayern de Munique, que acabou com uma série de três jogos sem vitória ao golear o PSV Eindhoven por 4 a 1.

Rostov e PSV têm apenas um ponto e praticamente não têm mais chances de chegar ao mata-mata, enquanto os 'colchoneros' podem garantir a vaga com duas rodadas de antecedência se vencerem os russos em casa, no dia 1º de novembro.

Na Rússia, o Atlético dominou o jogo inteiro, criando várias chances no primeiro tempo, mas só conseguiu encontrar o caminho das redes aos 17 minutos do segundo tempo.

Juanfran cruzou rasteiro na direita, Griezmann não alcançou, mas Carrasco apareceu na segunda trave para fuzilar o goleiro.

O belga, que não era titular absoluto no início da temporada, já havia marcado o gol da vitória sobre o Bayern, na rodada anterior (1-0).

No sábado, ele anotou um 'hat trick' na goleada de 7 a 1 sobre o Granada, pela Liga Espanhola.

- Robben inspirado -O Bayern também tem um atleta que está fazendo um gol atrás do outro de forma inesperada: o jovem Joshua Kimmich, autor do segundo dos bávaros na vitória sobre o PSV.

Muito versátil, o atleta de 21 anos jogou no meio de campo contra os holandeses, mas já foi escalado como zagueiro e lateral nesta temporada.

Depois de deixar sua marca nas últimas três rodadas da Bundesliga, ele já soma três gols nesta Champions, depois dos dois anotados contra o Rostov (5-0), somando sete na temporada, mesmo total que Robert Lewandowski, artilheiro consagrado do clube.

Na Allianz-Arena, o Bayern entrou em campo sob pressão. Desde a derrota para os 'colchoneros', tudo começou a desandar para o 'Rekordmeister'.

O revés em Madri acabou com os 100% de aproveitamento sob o comando de Carlo Ancelotti (8 vitórias) e foi seguido por dois empates na Bundesliga, com Colônia (1-1) e Eintracht Frankfurt (2-2).

Por isso o treinador italiano cobrou "mais atitude" e resolveu apelar para a concentração em um hotel na véspera da partida, prática bastante incomum na Europa.

Os jogadores atenderam logo ao pedido de 'Carletto'. Thomas Müller abriu o placar aos 13 minutos de jogo, em cobrança ensaiada de escanteio com o holandês Arjen Robben.

Kimmich ampliou de cabeça aos 21, em cruzamento de Alaba desviado pela zaga.

Narsingh descontou para o PSV aos 41, ao acertar um londo chute no ângulo em contra-ataque letal, mas os bávaros impediram a reação ao marcar outros dois gols no segundo tempo.

Aos 14, Robben fez sua jogada caraterística: arrancada pela direita, corte para o meio para ajeitar para a canhota e chute com curva no canto oposto. O goleiro defendeu, mas Lewandowski apareceu no rebote para ampliar de cabeça.

Grande destaque da partida, Robben deixou o dele aos 39, também de cabeça, encobrindo o goleiro após receber grande lançamento de Thiago Alcântara.

lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo