Esporte

Chape perde na Colômbia e terá que buscar virada na Sul-Americana

20/10/2016 00h02

Barranquilla, Colômbia, 20 Out 2016 (AFP) - A Chapecoense saiu da Colômbia derrotada por 1 a 0 pelo Junior Barranquilla, nesta quarta-feira, na partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana.

O único gol da partida foi marcado aos 37 minutos de jogo por Léiner Escalante, que começou no banco mas entrou ainda no primeiro tempo, no lugar de Toloza, lesionado.

A Chape pagou caro o desgaste da viagem interminável para chegar à Colômbia, com muitos atrasos nos voos, além de trechos de ônibus e até de van.

Na próxima quarta-feira, o time catarinense terá que vencer por dois gols de diferença na Arena Condá para se classificar com bola rolando. Se devolver o placar do jogo de ida, a vaga será decidida nos pênaltis.

Quem avançar disputará uma vaga nas semifinais com o vencedor do confronto entre Palestino e San Lorenzo, que fazem o primeiro jogo na quinta-feira, em Buenos Aires.

Na temporada passada, a Chape já tinha disputado as quartas da sul-americana, sendo eliminado pelo River Plate.

Considerado o mais fraco dos três representantes colombianos ainda vivos na Sul-Americana (junto com Atlético Nacional e Independiente Medellín), o Junior acabou com uma série de 12 jogos sem vitória.

- Chances desperdiçadas -Por conta dessa má fase, o time 'rojiblanco' atraiu pouco público no estádio Metropolitano, que na semana passada ficou lotado no jogaço entre Colômbia e Uruguai (2-2), pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Mesmo jogando fora de casa, a Chape não se escondeu. Bem postada em campo, começou trocando passes com desenvoltura no meio, chegando à área adversária com certa facilidade.

Sem conseguir impor seu jogo, o time da casa sofreu um baque logo aos 11 minutos, quando o atacante Toloza sentiu a coxa, saiu de maca e foi substituído por Escalante, qur acabou sendo decisivo.

De fato, essa mudança deu novo gás ao Junior, que começou a mandar no jogo e criou sua primeira jogada de real perigo com o 'baixinho' Vladimir Hernández, de 1,60 m, que já acertou sua saída para o Santos no ano que vem.

Aos 16, o meia aproveitou lambança de Sérgio Manoel, invadiu a área e caiu, pedindo pênalti. O juiz mandou o jogo seguir e o paraguaio Roberto Ovelar pegou a sobra, mas chutou fraco, em cima de Danilo.

O mesmo Ovelar exigiu uma defesa muito mais complicada do goleiro, que se esticou todo aos 29, para espalmar uma bomba de fora da área.

Danilo não pôde fazer nada para evitar o gol de Escalante. Aos 38, a zaga da Chape cochilou, o atacante girou para cima de Neto e chutou colocado no cantinho.

O time catarinense quase empatou aos 43. Em cobrança de falta na área colombiana, Ananias aproveitou desvio da zaga e ficou cara a cara com o goleiro, na direita da pequena área, buscou o canto oposto, mas errou o alvo. Kempes ainda se jogou para tentar empurrar a bola para as redes, mas chegou atrasado.

A torcida local ainda levou outro susto nos acréscimos da primeira etapa, em outro lance de bola parada, quando o goleiro uruguaio Sebastían Viera espalmou uma cobrança de falta de Hyoran que tinha endereço certo.

- Um Rangel de cada lado -O técnico Caio Júnior mexeu no intervalo, tirando Sérgio Manoel para a entrada de Gil, mas não adiantou muita coisa.

O time da casa continuou mandando no jogo no segundo tempo, e Ovelar quase ampliou aos 7, com um chute seco da entrada da área que passou raspando a trave.

A Chape até tentava pressionar para buscar o empate, mas não conseguia levar real perigo e abria espaços para os contra-ataques colombianos.

O Junior só não ampliou aos 19 porque Giménez apareceu em cima da linha para tirar um chute de Ivan Vélez.

O Verdão do Oeste melhorou com a entrada de Thiaguinho no lugar de Hyoran. Aos 23, o meia arrancou pelo meio e abriu na direita para Kempes, mas o atacante demorou muito para finalizar e foi travado pela zaga.

Kempes foi substituído aos 30, dando lugar a Bruno Rangel. Mas quem se destacou mesmo foi outro atacante com o mesmo sobrenome, Michael Rangel, que entrou praticamente na mesma hora. O colombiano ficou cara a cara com Danilo, que fechou bem o ângulo e impediu o segundo gol do Junior.

Ananias teve uma chance de empatar de cabeça no fim, mas o goleiro Viera defendeu no reflexo.

A Chape saiu até no lucro com essa derrota pelo placar mínimo e mantém esperança de buscar a virada em casa, com apoio da torcida e sem tantos problemas de logística.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo