Esporte

Nadal encerra temporada por problemas físicos

20/10/2016 15h10

Madri, 20 Out 2016 (AFP) - O tenista espanhol Rafael Nadal, número 6 do mundo, anunciou nesta quinta-feira que não jogará mais até o fim do ano devido a problemas físicos que sofreu ao longo do ano e que impediram que tivesse seu melhor desempenho.

"Acho que não é nenhum secreto falar que cheguei muito em cima aos Jogos Olímpicos porque o objetivo era ganhar uma medalha para a Espanha", explicou em um comunicado o nove vezes campeão de Roland Garros, que conquistou a medalha de ouro do torneio de duplas masculinas no Rio de Janeiro, ao lado de Marc López.

"Essa volta antecipada causou dores em todos os torneios que disputei desde então e agora me vejo obrigado a parar para pensar em 2017", justificou 'Rafa'.

"Sinto muito por não poder jogar na semana que vem na Basileia, porque tenho ótimas lembranças da final que disputei contra Federer no ano passado (foi derrotado em três sets). Tampouco poderei estar no Masters 1000 de Paris (de 31 de outubro a 6 de novembro), onde sempre fui acolhido com tanto carinho", lamentou.

'Muito anos de tênis'Nadal também vai ficar fora do ATP Finals, que reúne os oito melhores tenistas do ano, de 13 a 20 de novembro, em Londres. A ausência do espanhol vai liberar uma vaga, já que ele ocupa atualmente o sétimo lugar do ranking Race to London.

Eliminado na segunda rodada do Masters 1000 de Xangai, na semana passada, o tenista de 30 anos fechou a segunda temporada seguida sem conquistar um título sequer em Grand Slams.

No total, Nadal soma 15 títulos dessa categoria: nove em Roland Garros, dois no Aberto da Austrália, dois em Wimbledon e um no Aberto da Austrália.

Em maio, ele teve que desistir de Roland Garros antes da terceira rodada por causa de um problema no punho. Um mês depois, também teve que desistir de Wimbledon, e iniciou uma corrida contra o relógio para voltar a tempo para os Jogos do Rio.

Na Cidade Maravilhosa, ele conquistou o ouro nas duplas, mas ficou sem medalha no torneio de simples, por ter sido derrotado pelo japonês Nishikori na disputa do bronze.

Na quarta-feira, Nadal inaugurou uma academia que leva seu nome nem sua cidade natal de Manacor, na ilha de Mallorca, ao lado do seu maior rival, o suíço Roger Federer, recordista de títulos em Grand Slams (17), que também encerrou sua temporada mais cedo por lesão.

"Ainda restam muitos anos de tênis, mas há um futuro e esta academia é parte deste futuro", declarou Nadal na ocasião.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo