Esporte

Pogba cala críticos e United goleia Fener na Liga Europa

20/10/2016 20h07

Manchester, Reino Unido, 20 Out 2016 (AFP) - Jogador mais caro da história, Paul Pogba enfim teve um atuação à altura do investimento astronômico do Manchester United, com dois gols na vitória por 4 a 1 sobre o Fenerbahçe, nesta quinta-feira, pela terceira rodada do grupo A da Liga Europa.

Contratado por 105 milhões de euros junto à Juventus em agosto, o craque francês vinha sendo criticado por não corresponder às expectativas neste início de temporada.

O francês já havia mostrado uma melhora com a seleção do seu país, na semana passada, com um golaço na vitória por 1 a 0 dos 'Bleus' sobre a Holanda, nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

O jogo desta quinta-feira marcou o reencontro com o atacante holandês Robin Van Persie, de 34 anos, campeão inglês e artilheiro da Premier League com os 'Red Devils' em 2013, que anotou o gol de honra do Fener, quando os time turco já perdia por 4 a 0.

Os comandados de José Mourinho assumiram a liderança da chave, com os mesmos seis pontos do Feyenoord, que derrotou o lanterninha Zarya Lugansk por 1 a 0.

O Fener ficou em terceiro, com quatro pontos, e o modesto time ucraniano, na lanterna, com apenas um.

"Precisávemos desses três pontos, foi uma vitória importante para nós", resumiu Mourinho.

O United finalmente fez jus ao rótulo de favorito da competição, depois da derrota para o Feyenoord na estreia (1-0) e da vitória pouco convincente sobre o Lugansk, também pelo placar mínimo.

- Dois pênaltis em dois minutos -Desta vez, não houve tanto sofrimento. Em Old Trafford, o time de Manchester dominou a partida desde o início, com o espanhol Juan Mata infernizando a defesa turca, e marcou seus dois primeiros gols com dois pênaltis em dois minutos.

Aos 31, Mata recebeu ótimo lançamento de Carrick e foi derrubado na área por Kjaer. Pogba foi para a cobrança, com uma paradinha bizarra que lembrou a de Simone Zaza na Euro-2016, mas, ao contrário do italiano, conseguiu colocar a bola para dentro.

"Eu disse ára Wayne (Rooney) que queria cobrar o pênalti e ele deixou. Foi muito legal da parte de um jogador como ele. Fiquei feliz pela bola ter entrado", comemorou o francês.

O United obteve outra penalidade máxima logo no minuto seguinte, mas desta vez quem cobrou foi outro francês, Anthony Martial, de forma mais tradicional. Ele mesmo tinha sofrido a falta.

"Ele tinham um bom plano de jogo, conseguiram defender bem no início, mas os dois pênaltis nos ajudaram e abriram as portas para um jogo de qualidade", admitiu Mourinho.

Pogba anotou o terceiro no último minuto do primeiro tempo, e foi um golaço. Lingard recebeu passe de Rooney área a recuou para o francês, que acertou um petardo no ângulo. Na comemoração, houve até dancinha dos dois protagonistas da jogada.

A triangulação Pogba-Lingard-Rooney voltou a funcionar logo depois do intervalo.

Pogba roubou a bola no meio, arrancou para puxar o contra-ataque e rolou para Rooney, que tocou de primeira para Lindgard finalizar da entrada da área.

Van Persie ainda descontou aos 38, mostrando que continua inspirado quando joga em Old Traffford, mas a festa foi toda do United.

lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo